‘Maral’, novo disco dos Filanos: Uma reverência ao mar cearense

Filanos Maral

 

Amor, união, amizade, recordações e outras coisas boas da vida refletem nas canções do disco de estreia dos Filanos, que têm o mar como maior fonte de inspiração

Conhecem por “maral“, o vento que sopra do mar para a terra. É intenso, desafiador e envolvente. Muito mais do que matéria, é espírito. Mesmo que seja invisível aos nossos olhos, é sentido por nossas almas, inspira energia, sopra como se tentasse nos saudar. Reconhecendo a saudação, e o privilégio de viverem conectados com a natureza, os Filanos agradeceram ao mar do jeito que eles sabem fazer: com música… um disco, batizado pelas águas cearenses, que recebeu o nome de ‘Maral‘.

O álbum de estreia da banda Filanos é composto por 09 faixas autorais, muito bem produzidas por Rafael Martins, guitarrista e vocalista do Selvagens à Procura de Lei. Sua sonoridade é uma mistura de indie, pop rock, folk e um pouquinho mais que o vento levar aos músicos fortalezenses. A divulgação começou alguns meses atrás, com o lançamento de singles como ‘O Vento‘, ‘Ponto de Vista‘ e ‘Vai Saber’, os três primeiros que, inclusive, indicamos aqui no MI:

Banda cearense Filanos lança singles como prévias do álbum de estreia

Logo de cara, ficou evidente que ‘Maral‘ viria para ser um disco com uma personalidade muito definida, se apresentando ao público como um compilado de canções sensíveis que transmitem felicidade e intimidade com o mar. Além da preocupação com a estética sonora, os Filanos se dedicaram a ampliar o clima praiano e afetuoso nos elementos visuais. A capa do álbum exemplifica esse cuidado, estampada com um registro nostálgico e sentimental: “um menino conhecendo o mar, todo o mistério e todo esplendor, alma despida, assim como seu ser, o vento maral permeando sua pele, desafiando-o a estar“, descreve Caio Braga, um dos vocalistas da banda.

Capa do álbum ‘Maral’

Fotos‘ é uma faixa que resume todo esse conceito presente no ‘Maral‘. A música, como o próprio nome sugere, é uma reflexão saudosista sobre as memórias eternizadas pelas fotografias, aperfeiçoada com uma narrativa mais pessoal, relembrando os momentos vividos nas praias de Fortaleza. As outras faixas, ‘O Vento‘, ‘Vai Saber‘, ‘Ponto de Vista‘, ‘Se Eu Pudesse Estar‘, ‘Besteira‘, ‘Somos Tão Fortes‘, ‘Olhos Negros‘ e ‘Existencialismo’, seguem essa mesma linha e, como o maral, sopram afeto e boas energias na direção de quem as escuta.

Filhos da terra do sol e admiradores do mar cearense, os Filanos entregam seu primeiro álbum cheio ao mundo como uma homenagem a natureza e seus detalhes, que tanto os inspiraram no processo de criação das canções e em toda a trajetória até aqui.

“‘Maral’ é um som que pode reverberar na vida de muita gente! Sinto que nele tem espaço pra muita gente atribuir também seus pensamentos e completarem o significados dessas músicas junto com a gente!” – Marquinho Ribeiro, vocal e guitarra

Escute ‘Maral’, o álbum de estreia dos Filanos

Se Eu Pudesse Estar (Animação)

Vai Saber (Clipe Oficial)

Acompanhe os Filanos nas redes: Instagram | Facebook | YouTube | Spotify

Mais notícias no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook. Siga-nos no Instagram.

One Comment on “‘Maral’, novo disco dos Filanos: Uma reverência ao mar cearense”

Deixe uma resposta