abraskadabra

ENTREVISTA: Falamos com o Abraskadabra, que toca em São Paulo neste sábado

Grupo curitibano vem para São Paulo em show com a Pense (BH) e Instável (SP)

O Abraskadabra é um dos nome mais influentes do skapunk nacional. A banda foi formada em 2003 e desde então vem acumulando diversos shows, três turnês fora do país, dois álbuns, quatro demos e um single cover, além de já possuir um público cativo por onde passa.

Batemos um papo com a banda que nos contou um pouco da estrada e da expectativa para o show de sábado:

MI – Em poucas palavras, o que foi 2019 para a banda?

AbraskadabraFoi do caralho! Rodamos bastante o país no primeiro semestre e conseguimos partir em duas turnês fora do Brasil.

MI – De todas as realizações, quais foram as que mais impactaram na carreira de vocês, já pensando na continuidade do trabalho daqui em diante?

AbraskadabraAcho que o primeiro álbum (Grandma Nancy Old school Garden) sempre é muito marcante, foi o que nos fez ir pra nossa primeira tour internacional (EUA 2014?).

Essa tour acabou gerando contatos pra conseguirmos voltar aos EUA em 2018, aliado com o lançamento do nosso ultimo álbum “Welcome”.

E essa ultima tour que fizemos no Reino Unido e Japão foi extremamente marcante, não só por atingir novos horizontes mas por saber que a gente continua gostando pra caralho de tocar junto.

A ideia é sempre estar tentando lançar materiais novos e tocando o máximo que pudermos, a gente curte pra caralho estar na estrada, a gente conhece muita gente massa e muitas bandas bacanas no caminho!

Estamos planejando musicas novas pro ano que vem, vamos ver se as coisas vão como esperado!

MI – 2019 foi um ano de muitos festivais e eventos essencialmente com bandas nacionais. O independente no Brasil está se profissionalizando, falando a partir de experiências vivenciadas por vocês neste ano?

AbraskadabraTem muita gente profissional no underground e isso deveria ser exemplo pra todo mundo. É obvio que volte e meia você quebra a cara com produtor que não cumpre o que diz, que não cumpre horário e etc. Mas a gente acredita plenamente que o underground não precisa ser fuleiragem, é aquele esquema: o combinado não sai caro.

MI – O que o público pode esperar do show deste sábado no Fabrique Club?

Abraskadabra A gente ta na pilha pra tocar, vários fatores amplificam esse sentimento: tocar em São Paulo é sempre muito foda pra nós, temos muitos amigos por aí. A companhia de Instável e Pense dispensam comentários, tem tudo pra ser um puta show no geral. E também tocar no Fabrique Club era algo que tava na mira fazia muito tempo, só escutamos coisas boas sobre a casa, desde estrutura até staff!

A gente promete imprimir a energia de sempre nos shows!

Serviço

Pense, Abraskadabra e Instável no Fabrique Club
Evento: https://www.facebook.com/events/759522651160415/
Data: 21 de dezembro de 2019
Horário: a partir das 18 horas
Local: Fabrique Club (rua Barra Funda, 1075 – Barra Funda/SP)
Ingressos: 1º lote R$30 (Meia entrada / Estudante / Promocional); 2º lote R$40 (Meia entrada / Estudante / Promocional)
* Promocional para não estudantes doando 1 livro ou 1kg de alimento não perecível
Censura: 16 anos
Venda online: https://www.sympla.com.br/pense-abraskadabra-e-instavel-em-sao-paulo__701666
Venda física no escritório da Powerline (rua Barra Funda, 933, Sala, das 11 às 17 horas)

Abraskadabra

Mais notícias no Minuto Indie.

Deixe uma resposta

Releated

Foo Fighters

Riff que Dave Grohl criou há 25 anos será utilizado em novo disco do Foo Fighters

A banda completa 25 anos com uma grande homenagem Recentemente, o líder do Foo Fighters, Dave Grohl, participou de um podcast para falar a respeito do novo álbum da banda. Noticiado pela NME, o artista afirmou que o sucessor de Concrete and Gold já está pronto e que possui um riff criado há 25 anos, logo após a […]

Sunset Front

ENTREVISTA: Conheça o indie nostálgico e moderno da Sunset Front

Desde outubro de 2018, a banda jundiaiense aposta em “fazer barulho” na internet para conquistar o público. Através de uma única plataforma de streaming, a Sunset Front já foi ouvida em 76 países Da terra da uva para o mundo: se você ainda não ouviu falar da Sunset Front, a hora é agora. A cada […]

%d blogueiros gostam disto: