One Direction especial 10 anos: assista a programação e conversa com os fãs

Hoje, quinta-feira (23), a banda One Direction completa dez anos! Além de diversos lançamentos interativos online, os membros também estão aproveitando o dia para relembrar a carreira e o afeto durante essa jornada. Confira a programação e a conversa especial que tivemos com os fãs da banda

One Direction, grupo formado em 2010 por Louis Tomlinson, Harry Styles, Liam Payne, Niall Horan e Zayn Malik, completa 10 anos nessa quinta. Atualmente, seus membros estão focados em projetos individuais, mas a banda ainda possui uma grande base de fãs que os lembram com carinho nessa data especial.

A banda One Direction

Para comemorar o aniversário do grupo, One Direction lançou um site interativo composto por playlists compartilhadas e uma linha do tempo da banda com diversos materiais exclusivos e que fazem parte da história do 1D, mas que acabou caindo após o grande número de acessos. Depois do episódio, a hashtag #directionersbreaktheinternet está sendo um dos assuntos destaques de redes sociais como o Twitter, assim como o assunto #10yearsofonedirection

Além do site, versões especiais de músicas também foram relançadas, como a “What Makes You Beautiful”, que mostra trechos de bastidores e dos shows dos artistas. Confira no Spotify! Também nessa manhã, o grupo presenteou os fãs com um vídeo inédito de comemoração, que conta com depoimentos de Harry, Louis, Liam, Niall e Zayn:

LEMBRANÇAS E AGRADECIMENTOS

Os meninos também aproveitaram para fazer postagens em clima nostálgico nas redes sociais. Liam Payne postou uma foto de quando anunciou ao seu pai que estava prestes a entrar na banda:

Que jornada. Eu não tinha ideia do que estávamos fazendo quando enviei essa mensagem para meu pai há dez anos, no momento exato em que a banda foi formada. Obrigado a todos que nos apoiaram ao longo dos anos e aos meninos por compartilharem isso comigo.

Além disso, o grupo expressou gratidão pelos dez anos, mencionando desde seus parceiros de banda até os fãs: 

Eu tenho me esforçado para expressar como sou grato por tudo o que aconteceu nos últimos dez anos. Eu vi coisas e lugares que eu só sonhei quando eu era criança. E para os garotos, eu amo muito vocês e não podia estar mais orgulhoso de tudo o que conquistamos juntos (Harry Styles)

Muitas memórias inacreditáveis, sem mencionar que não tem um dia que passe sem que eu pense nisso. Estou muito orgulhoso de cada um individualmente. E para os fãs, as pessoas que nos deram oportunidades maravilhosas, vocês são incríveis (Louis Tomlinson)

É uma parte tão importante de nossas vidas e sempre será. Um brinde aos meninos e obrigado a todos vocês que nos apoiaram nos últimos 10 anos (Niall Horan)

O programa de TV “The Late Late Show with James Corden” também não esqueceu dos dez anos de One Direction. Nessa quinta, eles fizeram questão de relembrar o momento em que estiveram presentes com o grupo! Confira abaixo:

“DIRECTIONERS”, OS FÃS DE ONE DIRECTION

Mas, afinal, o que faz One Direction e essa data ser tão especial e relembrada pelos fãs ao redor do mundo? Para tentar responder essa pergunta, o Minuto Indie conversou com alguns fãs, os chamados “directioners”, que falaram um pouco de sua ligação emocional com o grupo e citaram seus momentos preferidos da trajetória! Olha só:

Para você, o que é ser uma “directioner“? Como foi seu primeiro contato com a banda?

Lívia: Eu nem sei descrever o que é ser directioner, sinceramente, mas os meninos realmente me ajudaram em momentos difíceis na minha vida, mesmo sem saber, então eu sou grata. Meu primeiro contato com a banda foi meio irônico na verdade, eu era aquele tipo de adolescente que odiava tudo que era pop tirando Selena Gomez (risos). Então quando eu entrei no mundo das fanfics eu achei uma com o Harry e a Selena, mas tinha muita piada interna da banda que eu não entendia, então comecei a pesquisar e me apaixonei por eles. No fim, eles quebraram essa barreira de adolescente chata e cult que só gostava de rock, e abriram portas pra eu conhecer diversos outros artistas.

Laura: Eu acho que ser directioner vai muito além de apenas gostar da músicas deles, nós amamos, divulgamos, damos todo o nosso suporte pra eles. Nós votamos no lugar dos meninos e sempre procuramos deixar eles felizes, nós subimos tags para divulgar, fazemos stream parties e “panfletamos” a banda pra todo mundo. Eu conheço a banda desde 2013, por causa de uma amiga que é fã desde a época, escutava algumas músicas também, mas só entrei pro fandom há pouco mais de um ano (depois do hiatus, infelizmente).

Gabriella: Ser fã da banda é estar preparada para qualquer coisa, desde lágrimas até risadas. É realmente muito especial. Conheci a banda em 2016, na escola quando uma colega de classe me recomendou “You & I“, e a partir daí eu comecei a escutar algumas das músicas mais famosas, até me tornar oficialmente directioner.

Mah: Eu amo todos igualmente, é tanta coisa pra dizer (risos). O meu primeiro contato com eles foi em 2016 quando minha professora colocou Just Dance pra gente, nisso tinha a música “What Makes you Beautiful“. Na época eu não me interessei muito, mas em 2019 eu fui pesquisar mais e me apaixonei por eles. Quando nova, no fandom, tive alguns problemas de auto-estima e eles me ajudaram com suas músicas. Eu realmente não sei o quê séria de mim hoje se não fosse eles!

Ana: Ser directioner pra mim é sentir orgulho, apoiar acima de tudo, ser “forte” porque é difícil aguentar anos sem interação dos quatro e sofrer por clipes, músicas, entrevistas antigas e momentos. É não desistir da banda nem dos meninos nesse hiatus porque sabemos que a pausa foi super necessária e importante pra eles. E acima de tudo saber apoiar e respeitar eles em era solo. Meu primeiro contato com a banda foi por volta de 2013, se não me engano, eu ouvi BSE enquanto eu via o TVZ, programa que passa músicas no Multishow. Eu ouvi por lá e gostei, então sempre que tocava ela eu ficava feliz da vida. Embora tenha conhecido em 2013, eu era pequena e não acompanhava em rede social, então não sabia nada sobre eles. Entrei pro fandom mesmo final de 2018/começo de 2019.

Nathalia Oliveira: pensar no significado de directioner para mim é a mesma coisa que pensar em lealdade. Os próprios meninos dizem que somos fãs leais, que mesmo com a pausa não os abandonamos. Eles significam tanto para tanta gente, representam tanto. E quando algo é tão bom assim é difícil abandonar ou abrir mão. Mesmo que o tempo passe, as coisas mudem o sentimento de carinho e admiração permanece ali, e acho que é isso que nos torna tão leais a eles. Conheci a banda em 2012 através de One Thing. Lembro que na época tinha prometido para mim mesma que não me tornaria fã, até porque eu já estava um pouco velha pra isso (risos) mas quando dei por mim a parede do quarto já tava cheia de posters.

Rayane: Directioner pra mim é um legado, uma família que sempre esteve aqui apoiando os meninos e se apoiando durante tantos anos. compartilhando de um mesmo sentimento, uma paixão por uma banda que mudou vidas, e que eu tenho muito orgulho de fazer parte. Lembro que o meu primeiro contato com a One Direction foi no Twitter há 10 anos atrás através dos mutirões que tinha de votações pros meninos permanecerem no X-Factor e os vídeos diários, e depois de todo esse tempo eu posso falar que eles fizeram parte da minha vida como um amigo mais antigo, cresci com esses meninos que se tornaram homens incríveis, o que sou hoje devo totalmente a eles, e mesmo que eu passe um dia procurando palavras pra tentar explicar o quanto eu sou grata, não conseguiria. Louis, Harry, Zayn, Liam e Niall, vocês salvaram a minha vida. Eles são minhas pessoas preferidas no mundo, sou tão orgulhosa de quem se tornaram, minha inspiração diária. Obrigada por todos os sentimentos, todas as músicas, letras e o carinho com os fãs, estou sempre aqui pra vocês. Estarão pra sempre no meu coração.

Mrs. Tomlinson: não acho que dê pra explicar o que é ser uma directioner, são simplesmente pessoas obcecadas por cinco garotos britânicos. Se não me engano foi no canal “Ok Ok”, o vídeo com as provas do “BabyGate” (maior baboseira que já ouvi na minha vida). Eu até me lembro de ver o vídeo da saída do Zayn e pensar: “eu nunca vou ser igual essas loucas”, mal sabia eu (risos).

Yasmin: Acho que ser directioner é acompanhar todo o crescimento que eles tiveram na banda, é respeitar e ter orgulho deles.  Meu primeiro contato com a banda foi quando eu tinha 10/11 anos e eu conheci eles por “What Makes You Beautiful“, a clássica.

Anne: Eu conheci eles já no hiatus, mas meu carinho foi imenso e tipo descobri que ser uma directioner é ser parte de uma família imensa que são intensamente carinhosas e leais, só sei que jamais irei me arrepender de ter conhecido eles, eles salvaram muito minha vida e devo muito a eles.

Bea: pra mim, ser directioner é você saber que um dia vai tá na seca e no outro se afogando de tanto update porque não tem meio termo, é ter paciência, muita paciência e entender que a banda não estava prejudicando a saúde mental deles e apoiá-los na carreira solo. O meu primeiro contato foi em 2017, naquele episódio do iCarly que eles aparecem, e eu simplesmente amei a música e comecei a pesquisar sobre, e desde então eu tô aqui.

Nessa data especial de dez anos, a banda aproveitou para lançar um site e relembrar algumas memórias com os seus fãs. Tem algum momento especial da carreira dos meninos que é seu preferido?

Lívia: É difícil pensar em um momento preferido, tem muitos. Hoje, eu diria que foi esse especial de dez anos, ver os meninos postando coisas e ver todas as lembranças da uma sensação boa porém amarga de nostalgia. Definitivamente reviveu a directioner que tem dentro de mim depois de alguns anos longe de qualquer coisa que se refira a eles, como banda.

Laura: Eu acho que eu tenho alguns momentos favoritos, como quando eles ganharam a primeira premiação, mas um que me marca muito foi na WWA Tour no show de Milão, quando está tocando “Right Now” e o estádio inteiro levantam as folhas pra formar “We are 1D Family“, porque eles parecem estar muito orgulhosos e felizes, percebendo o quão grande essa família é.

Gabriella: Acho que todos os momentos de brincadeira deles, principalmente sobre o pombo Kevin. Ou de todas as vezes que eles faziam guerrinha de água durante os shows. Sempre me faz rir muito!

Anne: São tantos (risos). Mas eu acho que as brincadeiras deles entre si são tudo pra mim, os abraços em grupo…

Ana: Não tenho um exatamente, específico, mas dizer que amo ver eles felizes, admirando o público nos shows e demonstrando o quão gratos são, deve valer. Pra mim é incrível e não tem preço que pague ver os olhinhos deles brilhando e o sorriso gigante nos lábios ao ver tudo que conquistaram. É uma sensação inexplicável quando vejo eles animados no palco, pulando e fazendo o que gostam. É um orgulho enorme, não cabe nem no peito. Então, todos os momentos felizes e os sorrisos agradecidos e encantados deles são os meus momentos favoritos.

Nathalia Oliveira: O melhor momento deles pra mim é a passagem pelo Brasil. Foi icônica. E ir ao show, ter a experiência de ver 5/5 ao vivo foi e é indescritível até hoje.

Rayane: Meu momento preferido sempre vai ser o da época dos vídeos diários, e o do 1DAY, que eles passaram incríveis 7 horas fazendo live para interagir com nós, os fãs.

Bea: […] um dos melhores momentos que eu tive foi quando o Louis lançou “Two of Us”, e eu lembro de ver as fãs surtando, e lembro de ver gente subindo a tag e fazendo de tudo pra mostrar à ele que, não importa quanto tempo demorasse, a gente sempre estaria ali pra apoiá-lo e mostrá-lo que ele é digno de tudo isso, de todo esse amor e atenção, porque as composições dele são tão puras e genuínas e eu consigo ver isso quando ele as canta no show, e não é aquela música genérica, sabe? E “Two Of Us” realmente mostrou isso, eu consigo perceber toda vez que o vejo cantar no clipe da música.

É, acho que deu pra entender um pouco do amor pela banda mesmo depois de 10 anos, né? Continue ligado no Minuto Indie e em nosso Facebook para mais atualizações e novidades do mundo da música!

Feliz dez anos, One Direction!

Leave a Reply

Exit mobile version