Jack White toca White Stripes, Beyoncé e homenageia Eddie Van Halen no Saturday Night Live; assista

Jack White toca no Saturday Night Live

Jack White só sai de casa se for para arrasar! Assista à apresentação eletrizante feita pelo artista fez no Saturday Night Live

No dia 10 de outubro, coube a Jack White abrilhantar a última edição no Saturday Night Live, após ser chamado de última hora para substituir o cantor country Morgan Wallen, que foi visto em uma festa sem usar máscara, violando os protocolos de segurança da COVID-19.

O vocalista do The Raconteurs, tocou em um mesmo medley a música “Don’t Hurt Yourself”, colaboração lançada no álbum Lemonade (2016) da cantora Beyoncé. Além de “Ball and Biscuit” do seu antigo duo White Stripes, e rolou até cover da canção gospel “Jesus Is Coming Soon” de Blind Willie Johnson, gravada pela primeira vez em 1928.

Confira a apresentação histórica de Jack White no Saturday Night Live:

 

Ainda teve apresentação da faixa “Lazaretto”, que pertence ao disco solo do músico de 2014. Durante essa música, White tocou um eletrizante solo utilizando uma guitarra desenhada pelo lendário guitarrista Eddie Van Halen, que faleceu na última terça-feira, aos 65 anos. Ele usou o Instagram para homenagear o artista, veja o post:

Achei que poderia ser um gesto simpático da minha parte usar este modelo de guitarra eddie van halen azul para uma das músicas hoje à noite no SNL. a guitarra foi desenhada por Eddie (com algumas personalizações que eu adicionei). Eddie foi muito gentil comigo e providenciou para que esta guitarra fosse feita para mim de acordo com minhas especificações. não vou nem mesmo insultar o talento do homem tentando tocar uma de suas canções esta noite. obrigado novamente
Eddie por esta guitarra e descanse em paz senhor.

 

Assista Jack White tocando “Lazaretto” no SNL:

Veja mais notícias sobre música, cinema e séries no Minuto Indie. Curta a página do MI também no Facebook!

 

 

About Vitoria Ataíde

Tem um quê de jornalista, outro de cinéfila, completamente louca por música.

View all posts by Vitoria Ataíde →

Deixe uma resposta