Grupo Lata Doida

Grupo Lata Doida antecipa lançamento de novo EP com “Da máscara que ninguém vê”

Faixa foi gravada usando instrumentos de confecção original

Na última segunda-feira (16), o Grupo Lata Doida antecipou o lançamento de seu próximo EP com o single Da máscara que ninguém vê, composto e dirigido por Vandré. A música está disponível em todas as plataformas digitais.

Já curte o Minuto Indie no Facebook? Clique aqui 

Inspirando-se em nomes como Hermeto Pascoal, Uakti e Vissugo, o grupo traz uma reflexão crítica a maneira que autoridades políticas trataram moradores de regiões periféricas. Utilizando-se de matérias reciclados e uma linguagem contemporânea, Lata Doida traz à tona uma realidade muitas vezes despercebida ou esquecida e que acaba sendo fatalmente atingida por problemas sociais ou de infraestrutura.

“Da máscara que ninguém vê nasce da vontade de trazer um olhar, sob a perspectiva local, a partir de uma pandemia global, para uma realidade periférica. Apesar da dificuldade de convívio social, o grupo, por uma necessidade de expressar um sentimento comum, reuniu elementos que traduzem a nossa identidade, tais como o passinho, beat box e a percussão melódica, que por fim foram amalgamados na construção da letra, sendo esta a última camada a ser criada”, revela Vandré.

Na cena alternativa carioca desde 2009, a banda é fruto de um projeto musical, luthieria e pesquisa em etnomusicologia que é realizado há 11 anos no Ponto de Cultura Lata Doida em Realengo. Atuando de maneira intensa na cena alternativa carioca desde 2013 com o lançamento do álbum “ Experimental Funk Lata Doida “, a banda mostra toda sua pluralidade musical e inteligência trabalhando com matérias reciclados como ventiladores antigos e galões de plástico, além de utilizarem de outros métodos para fazer música como o beatbox.

Decididos a voltar com os projetos autorais em 2020, foram interrompidos com o surgimento da pandemia do Covid-19 que atingiu todo mundo. Mas, de maneira segura e adaptada, a banda decidiu retornar ao projeto do ep que será lançado em janeiro.

“Decidimos que voltaríamos ao projeto autoral, agora com mais maturidade, calos nos dedos… Daí veio a pandemia e no início achamos que seria impossível continuar. Mas estamos dando um jeito (sem quebrar o isolamento social) e em janeiro lançaremos um EP totalmente autoral, produzido no período pandêmico, de modo totalmente adaptado, ‘gambiarrado’, como é todo o nosso processo”, diz Vandré.

DA MÁSCARA QUE NINGUÉM VÊ

Ficha técnica

Confecção de máscaras e atuação – Vania Maria
Criança – Lisbela Marra
Marimba de cerâmica – Luís Carlos França
Passinho – Hórus Akin
Beat Box e gargalhada – David Bertolami
Ventilador – Marcos Boa Ventura
Alfaia de galão – Rafael Stwart
Voz principal – Vanielle Bethania
Segundas vozes – Vandré e Vanielle Bethania
Blown – Matheus Philip (Phil)
Filmagem – Matheus Philip e Vandré
Mixagem, masterização e edição de vídeo – Vandré
Arranjo – Banda Lata Doida
Letra e música – Vandré
Direção – Vandré

MI NO YOUTUBE

Mais notícias no Minuto Indie.

Leave a Reply

%d bloggers like this: