Caminhando pela ‘saudade’ dentro de si, Saulo von Seehausen lança mais um single inédito: ‘afago’

Caminhando pela ‘saudade’ dentro de si, Saulo von Seehausen lança mais um single inédito: ‘afago’

O single ‘afago’ traz a vontade de viver uma vida a dois enquanto o clipe nos brinda com imagens de acervo pessoal do artista

O projeto ‘saudade’, de Saulo von Seehausen, iniciado em 2017 e continuado com esparsos lançamentos de singles, traz aquela nostalgia de amores perdidos, amores vividos, amores insatisfeitos em si mesmos, amores idealizados, paixões ou ainda amores futuros. Sabe aquela saudade do que ainda não aconteceu? Ou do que aconteceu dentro da sua cabeça sem o outro nunca saber, nunca esbarrar, nunca mesmo chegar perto de perceber? Às vezes o Saulo toca nesses pontos. Mas também na vontade de se entregar, de fazer acontecer, de sentir. O novo single do músico Petropolitano (RJ), afago, é sentimentalista e melódico. Traz uma declaração escancarada para um amor que vislumbra. A curta intro do começo mistura um beat suave com sonoridades agradáveis aos ouvidos.  

Assista ao clipe de ‘afago’– Saulo von Seehausen:

As imagens que vemos foram gravadas, majoritariamente, no estúdio Araras, em Petrópolis, região serrana do RJ. Elas revelam um ambiente totalmente intimista e caseiro, trazendo essa noção de familiar e doméstico, o que o artista pretende transmitir no projeto. Mas nos deparamos, também, com cenas de shows no RJ e em SP, onde o artista reside hoje em dia.

Sobre ‘saudade’ 

A escolha da palavra saudade se deu, essencialmente, pela exclusividade e originalidade do que carrega: existe, do jeito que é, conceitual e semanticamente, apenas na língua portuguesa. Outras palavras em outros idiomas se aproximam, mas não carregam o exato significado e peso da palavra s-a-u-d-a-d-e. Além disso, retrata um período singular na vida de Saulo: a temporada em que passou nos EUA, afastado da família e de amigos, e, ainda que fisicamente sozinho, e por isso o sentimento (saudade), foi capaz de ressignificar dores e compor canções que desvelassem e materializassem seus sentimentos. A sonoridade nostálgica é clara e explícita em suas letras e batidas. O artista faz questão de mostrar que, apesar de falar sobre tudo isso, ainda existe uma camada cinzenta em torno do tema, já que a saudade nunca admite uma cor apenas. O projeto ‘saudade’ ficou em turnê nos Estados Unidos entre 2018 e 2019, e, ainda em 2019, Saulo retornou ao Brasil para iniciar seus passos em shows em São Paulo e no Rio de Janeiro, em meio às gravações do seu primeiro álbum completo.

As faixas lançadas até agora, e que compõem o projeto, são: ‘banho no córtex’, ‘puxa o fio’, ‘conserta o que tu fez‘, ‘caramujo‘, ‘botões’,  e a mais recente: ‘afago‘. Todas as composições são autorais e em português, o que descortina uma retomada das origens e de seu lugar na terra tupiniquim; uma vez que, no passado, enquanto vocalista da banda Hover, Saulo só compunha e cantava em inglês.

Dada a extrema delicadeza de seus sons, o que temos é uma exploração de arranjos e texturas da Tropicália e psicodelismo brasileiro, misturando influências como Os Mutantes e Clube da Esquina, com abordagem e linguagem atuais, passando por pianos e elementos eletrônicos à la Sufjan Stevens e Tom Misch.

Letra ‘afago’

[agora que estamos todos longe, envio um afago em formas de memórias dessa história]

 

Te acordo com um afago

E um beijo

Novecentos dias e uns meses

Faz as contas

 

Cada vez que eu paro e me pergunto

Sem saber se há resposta

Te olho assim e só mergulho

Vou no fundo

Cato as conchas

 

Não sou tão de praia assim

Mas o oceano teu

Eu quero desvendar

 

Quando a gente colidiu

Meu mundo se fundiu ao teu

E o teu ao meu

 

É diferente quando a gente se apaixona e ama

E vai se entregando lentamente 

Permitindo o outro entrar

 

Eu não sou tão de praia, mas

Meu oceano é seu

Pra você desvendar

Ficha técnica
Direção e Edição: Beatriz Grieco
Imagens: Leandro Bronze e Beatriz Grieco
Imagens adicionais: Rique Azevedo, Saulo von Seehausen, Bruno Bade e Maycon Ananias
Finalização: Renan Vasconcelos
Produção musical: saudade e André Ribeiro
Direção artística: saudade e Rique Azevedo
Mixagem e masterização: João Milliet
Bateria: Bruno Bade
Baixo: Leandro Bronze
Guitarra: Renan Vasconcelos
Engenharia de som: Vinícius Junqueira
Assistentes: Junior Ayres e Arthur Ayres

Confira outra faixa de ‘saudade’: banho no córtex

Siga o artista nas redes sociais: instagram | spotify | facebook

Mais notícias no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook.

Amanda Prado

Amanda Prado

Jornalista que curte música brasileira em níves estratosféricos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: