Percussionista de Slipknot processa a banda e é demitido

O clima ficou tenso para o Slipknot. O percussionista Chris Fehn está processando a banda e foi demitido do grupo. Chris alega que não estava recebendo sua parte devidamente, além de acusar a banda de ter irregularidades em sua conta bancária. Na ação judicial, Chris pediu para que a conta da banda fosse investigada. O Slipknot fez uma nota em seu site oficial anunciando a saída do músico e se mostrando “decepcionada” com as atitudes de Fehn. Confira abaixo a carta traduzida pelo site Tenho Mais Discos que Amigos:

“O foco do Slipknot é fazer o álbum #6, assim como nossos shows ao redor do mundo, os melhores até então. O Chris sabe o motivo de ele não fazer mais parte do Slipknot. Estamos decepcionados que ele tenha escolhido apontar o dedo e fabricar alegações, ao invés de fazer o que é necessário para continuar no [grupo]. Nós gostaríamos que ele não tivesse escolhido este caminho, mas a evolução em todas as coisas é uma parte necessária da vida.

Vida longa ao Knot.”

O vocalista Corey Taylor alfinetou Fehn no Twitter, alegando que os fãs leriam “um monte de merda”, mas que “a verdade viria a tona”.

De acordo com as alegações de Chris Fehn, várias “empresas” estariam retirando dinheiro da conta conjunta da banda, sobrando muito menos para os próprios integrantes.

O Slipknot está para lançar seu sexto disco, ainda sem nome, e lançou o primeiro single do sucessor de The Gray Chapter, intitulado All Out Life.

MI No YouTube

Deixe uma resposta