Motionless In White lança emocionante EP com Kerli e Crystal Joilena

Motionless In White lançou hoje (10) um EP com versões épicas e emocionantes de dois singles com participações femininas

A banda de metalcore de Stranton, Motionless In White lançou nesta segunda-feira (10) um EP com versões à là Tim Burton de dois singles do grupo. Intitulado Motion Picture Collection, o EP contém versões reimaginadas de Eternally Yours, do álbum Graveyard Shift (2017), e de Another Life, do disco Disguise (2019).

Ambas as faixas já carregavam muita emoção em suas versões originais, porém nas de 2020 isso transcende chegando a um nível inimaginável de dor e arrependimento. A faixa Another Life vem com um feat com a cantora Kerli, enquanto Eternally Yours contém a participação de Crystal Joilena, que chegou a conhecimento da banda pelo seu cover fantástico de Another Life no YouTube.  Além das belíssimas versões, a banda também disponibilizou as versões instrumentais das músicas.

Como se isso já não fosse o suficiente para quebrar os corações dos fãs em mil pedaçinhos, o vocalista, Chris “Motionless” Cerulli divulgou em seu Twitter um texto abrindo seu coração sobre as duas faixas. No texto, Chris comenta sobre ambas terem sido escritas para a mesma pessoa e como ambas são um pedido de desculpas e uma admissão e de que, apesar de estar solteiro, sua “alma é eternamente dela”. Confira o tweet e o texto traduzido abaixo:

“Eu escrevi estas duas canções para alguém. Para a única pessoa que viu além da minha carne e sangue, e além do disfarce. Estas músicas são cartas de amor. Elas não são as histórias fictícias que eu usei para as desviar, em um esforço para me aliviar de confiar na realidade assustadora  de como essas experiências estavam desmantelando as paredes que eu havia cruelmente construído ao redor de mim para resistir ao amor à todo custo. Elas são um conto da profundidade em que duas pessoas conseguiram transcender suas formas físicas e olhar para a alma de um do outro, abraçando seu laço infinito que desafia o entendimento humano ou mesura. Elas são um reflexo do passado e de como  foi perceber o auge apenas quando cheguei ao fundo do poço. Elas são um reflexo do presente, e do arrependimento e da tristeza que sempre florescerá enquanto eu me confronto e aceito que, no que poderia ser, eu escolhi abandonar. Estas letras são uma admissão. Estas letras são um pedido de perdão. Quando a besta se torna o homem sem a lua e as estrelas, estas são as palavras que na presença ou ausência da luz mais brilhante que eu já conheci… Eu queria que eu tivesse brilhado de volta. Por mais que o meu eu físico caminhe sozinho, minha alma é agora, como foi antes, nesta vida e em qualquer outra, eternamente dela.”

 

Motionless In White lança EP com nova versão de Another Life (Feat. Kerli)

Motionless In White lança EP com nova versão de Eternally Yours (feat. Crystal Joilena)

Versões instrumentais:

 

Mais notícias no Minuto Indie.

Acompanhe nossas postagens no Facebook.

Deixe uma resposta