Minas no Front traz mulheres protagonistas ao Sesc Pompeia

Bandas de rock com protagonismo feminino se destacam na programação

A programação do Sesc Pompeia recebe o projeto Minas no Front nos próximos dias 21, 22 e 23. Duas bandas de rock com protagonismo feminino estrelam cada noite.  Dominatrix, Cora, Miêta, Rakta, Ema Stoned e My Magical Glowing Lens são as atrações escolhidas para agitar o público com o bom rock ‘n’ roll feito por mulheres.

O projeto Minas no Front nasceu da necessidade de amenizar os efeitos da disparidade de gênero na cena musical. A maior participação de mulheres nos palcos é um de seus grandes objetivos e começa a se concretizar com as apresentações que ocupam a agenda do Sesc nos próximos dias.

No primeiro dia (21), os palcos serão tomados pelo rock pesado e feminista da Dominatrix e pelo alternativo da Cora. A Dominatrix segue uma estrada de 20 anos de carreira, três álbuns de estúdio e muito sucesso no Brasil e mundo afora. Cora traz uma pegada mais alternativa, que flerta com o dream pop e contará com a discotecagem de Camila Mazzini.

Miêta por Luciano Viana

Já no dia 22, o público poderá conferir o som da Miêta e do power trio Rakta, que chega poderoso com seu pós-punk. A forma marcante como Miêta faz seu som nutrido pelo shoegaze e a pegada explosiva da banda agitarão o Sesc Pompeia com os sucessos do álbum “Dive”. Logo após, é a vez de Rakta juntar todas suas influências de pós punk, psicodelia, experimentalismo e kraut rock num show intenso e energético. O trio formado por paulistas ainda receberá Amanda Buttler para a discotecagem.

O evento se encerra no sábado (23), com as poderosas apresentações de Ema Stoned e My Magical Glowing Lens. A banda feminina paulistana Ema Stoned já é bastante conhecida pelo público e chegará abalando com seu som experimental regado do bom jazz e da pegada psicodélica.

Ema Stoned por Oswaldo Corneti

Já a My Magical Glowing Lens é o projeto da multi-instrumentista Gabriela Deptulski, que traz uma experimentação musical toda personalizada em arranjos com diversos instrumentos. Sintetizadores, percussões, sons analógicos e eletrônicos marcam o álbum “Cosmos” e prometem agitar a última noite do Minas no Front. A discotecagem fica por conta de Lu Riot.

Além das apresentações, o festival Minas no Front contará com a presença do selo independente PWR Records. A ideia é assessorar as mulheres em formação musical na cena independente, levando as artistas para palcos antes dominados pelo machismo.

SERVIÇO:

Minas no Front

Dias 21, 22 e 23 de junho de 2018 – quinta, sexta e sábado, às 21h30

Dia 21: Dominatrix + Cora.

Dia 22: Miêta + Rakta.

Dia 23: Ema Stoned + My Magical Glowing Lens.

Comedoria

*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados: 150. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$6 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$10 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$20 (inteira).

Venda online a partir de 12 de junho, terça-feira, às 12h.

Venda presencial nas unidades do Sesc SP a partir de 13 de junho, quarta-feira, às 17h30.

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.

Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia.

Deixe uma resposta