Meu Nome Não É Portugas lança reflexão sobre o protagonismo no mundo digital em seu novo single-clipe ‘Deuses Das Telas’

Meu Nome Não É Portugas Deuses das telas

Dessa vez, Rubens Adati, em seu projeto Meu Nome Não É Portugas, inova com uma mistura de indie e hip hop

Já se foi o tempo em que a tal cultura de massa era a grande imperadora no universo do consumo. Aos poucos, vamos deixando de considerar que as nossas grandes influências estão, exclusivamente, na tela da TV — por exemplo. Passamos a perceber que um novo mundo nos permite muito mais do que conseguimos mensurar, porque, afinal, de uns anos pra cá, somos nós mesmos quem criamos os conteúdos que estão por aí. Em meio a essa realidade, em que, a cada clique, nasce uma ideia, existem deuses que se movem e fazem tudo acontecer. ‘Deuses Das Telas‘, o novo single do Meu Nome Não É Portugas, reflete exatamente nisso.

Como notamos a todo momento, o poder de influência no infinito espaço digital deixou de ser restrito a uma fina camada de pessoas e, agora, graças à toda a evolução da cibercultura, cada um constrói sua própria liberdade na internet. “Ser um deus da tela significa que tudo que acontece ali é por escolha sua, entendo que dentro das telas (de celulares e computadores) existe um mundo à parte. Cada um é seu próprio deus nesse universo digital. Seguindo um fluxograma, o último momento antes da tela é o dedo. É ele que comanda, escreve, deleta, grava, dá match, faz stories…”, descreve Rubens Adati, o cantor, compositor, multi-instrumentista e produtor que faz o projeto Meu Nome Não É Portugas acontecer.

Deuses Das Telas‘ estreia 2 meses depois do lançamento de ‘Eterno Azul‘, um single gravado com o Apeles e inspirado nos tempos de quarentena, sobre a esperança de que o futuro vai ser melhor. Agora, em julho, ainda durante a pandemia, Meu Nome Não É Portugas decide mesclar elementos do indie e do hip hop nessa nova canção. Além da parceria de longa data com o selo paulistano Cavaca Records, Rubens Adati contou com o talento de Dj Digo (Swings&Batidas / Coletivo 1 2 4 0) e do trombonista Fernando Mumu (Trio Tabarana). O resultado é esse som fascinante que você pode apreciar agora.

Clipe de ‘Deuses Das Telas’, o novo single de Meu Nome Não É Portugas

Imagens: Yasmin Kalaf
Edição do vídeo: Rubens Adati
Composição, produção, gravação, mixagem e masterização: Rubens Adati
Gravado e Mixado no Inhamestúdio

Acompanhe a letra:

No rádio eu vou escutar
Passos de outra dimensão
A noite não vai acabar
A noite não vai acabar

Livros estão a queimar
Batidas no meu coração
Os prédios querem enxergar
Os carros querem enxergar

Revistas sobram no sofá
Latas que esvaziei
Cinzas que habitam em mim
Cinzas que habitam em mim

Criança vem acreditar
Na máscara que vou usar
Talvez precise adoçar
As noites que não vão passar

Meus dedos são deuses das telas

Criança vem acreditar
Na máscara que vou usar
Talvez precise adoçar
As noites que não vão passar

Meus dedos são deuses das telas

Ouça o single em outras plataformas de streaming: Spotify | Deezer | AppleMusic | Bandcamp

Acompanhe o artista nas redes sociais: Facebook | Instagram | Spotify

Siga o Cavaca Records: Facebook | Instagram | Twitter | Bandcamp | Spotify

Mais notícias no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook.

Deixe uma resposta