Machete Bomb

Com releitura de Odair José, Manchete Bomb faz live session com MCs Curitibanos

Releitura da música de Odair José, de 1977, ganha peso com interpretação de Madu Madureira e dos MCs curitibanos

São Paulo, fevereiro de 2020 – Machete Bomb, banda de Curitiba (PR) de heavy samba, lança live session de “Que Loucura”. Regravação da música de Odair José, presente no álbum “O Filho de José e Maria” (1977), conta com sua participação, além dos MCs curitibanos Pete MCee e Pecaos.

“A música pontua uma nova relação entre o descaso pela vida e o fato de o quanto cada vida é importante, no meio desta loucura que é viver. Com Odair José fechando com a letra original do tema de 1977, mostrando que esta história é a de todos, e que todos somos um só e estamos no mesmo barco vivendo a mesma loucura”, explica Madu.

O single faz parte do projeto MXT coMvida, que nasce depois de um turbilhão vivido pelo produtor e líder da banda, Madu Madureira, que se viu na situação de ficar viúvo com seus dois filhos e largar a carreira de músico e banda para se dedicar as crianças. Ou tentar conciliar as duas situações. Incentivado por amigos artistas a não parar, Madu se viu na possibilidade de se reanimar a se dedicar a carreira novamente, lançando um álbum com estes artistas como parceiros e convidados.

Músicas com Odair José, Thestrow, Pete Mcee, Pecaos, Alienação Afrofuturista, Rodrigo Samsara, Mulamba, TUYO, Dedé Paraízo (Demônios da Garoa), El Efecto, Lemoskine, Egypcio (Tihuana) e Caio MacBeserra (Project46) já foram lançadas e estão disponíveis nas plataformas digitais. Em breve, as parcerias com Bnegão, Andó, Janine Mathias, Mateo (francisco, el hombre), Xandão Meneses (O Rappa), Lobato (O Rappa), Nave (beatmaker), Dow Raiz, Fred 04 (Mundo Livre SA) e ainda outras surpresas serão apresentadas para o público. O álbum completo está previsto para maio deste ano.

SOBRE MACHETE BOMB

Madu Madureira (cavaquinho) é o líder do Machete Bomb, que conta com músicos convidados, e gravou todos os instrumentos. É cavaco heavy metal, crítica com pegada de samba e rap com postura de bamba. Samba de metaleiro criado na fria cidade de Curitiba, com rock na veia mas suingue brasileiro na alma. A mistura entre o peso do samba e o peso do rock, se tornam ainda mais vivos com o cavaco distorcido, peneirado pelo efeito de pedais, oitavadores e delays. Tem seis anos de estrada, já participou de alguns dos maiores festivais do país como CoMA (DF), SeRasgum (PA), O Rappa Fest (RJ), GoianiaNoise (GO), Coolritiba (PR), Psicodália (SC), Morrostock (RS), João Rock (SP), entre outros. Lançou os álbuns O Samba do Sul (2015), A Saga do Cavaco Profano EP (2017), Vendendo A Alma Ao Diabo Vol. 1, 2 e 3 (2018 a 2019) e Ao Vivo no Psicodália 2018 e 2019.

Assista “Que Loucura”

Redes Sociais
Facebook: https://www.facebook.com/macheteoficial/
Instagram: https://www.instagram.com/machete_bomb/
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCH1bCaC4oFfaZQOU8TIvANw

Streamings
Spotify: https://open.spotify.com/artist/0BjJ3oYFwa2SUn567mGSOQ
Deezer: https://www.deezer.com/br/artist/10327394
iTunes: https://itunes.apple.com/us/artist/machete-bomb/1104476371
Tidal: https://tidal.com/browse/artist/8231138

Mais notícias no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook.

Deixe uma resposta

Releated

The Birthday Party é o novo single do The 1975

Conheça “The Birthday Party”, novo single do The 1975

Novo single do The 1975 é o quinto da era Notes on a Conditional Form Quando o The 1975 adiou o lançamento do novo álbum “Notes on a Conditional Form” de fevereiro para abril, o que não se imaginava é que boa parte do álbum já seria conhecido antes disso: The Birthday Party é o novo […]

Pseudo Banda

Com sátira ao cenário atual do país, Pseudo Banda lança novo clipe carnavalesco

Humor cítrico de “Não Me Importo (É Carnaval!)” desperta a consciência para o coletivo Faltando uma semana para começar a maior festa popular brasileira, a Pseudo Banda veste a sua melhor fantasia para entoar o hino de carnaval dos desavisados: “Se não sou eu, eu não me importo. Se não sou eu quem se fudeu, […]

%d blogueiros gostam disto: