Lana Del Rey volta a causar polêmica defendendo seu ponto de vista: “Eu não sou o inimigo”

Lana Del Rey volta a causar polêmica defendendo seu ponto de vista: “Eu não sou o inimigo”

Após carta aberta falando sobre as letras de suas músicas, Lana Del Rey volta se pronunciar e se defende de acusações de racismo 

Na última sexta-feira a cantora Lana Del Rey usou seu Instagram para publicar uma carta aberta com criticas a diversos assuntos, entre eles o direito de fragilidade entre as mulheres, e acusações de que suas músicas romantizam relacionamentos abusivos, comentando a polêmica que tem ganhado força nas redes sociais. Saiba mais aqui.

O texto recebeu diversas críticas, que chamavam a cantora de racista, por citar comparações com algumas artistas negras, como Cardi B, Nicki Minaj e Beyoncé.

Já curte o Minuto Indie  no Facebook? Clique aqui!

E no começo dessa semana Lana se manifestou mais uma vez, mas dessa vez a cantora falou sobre as acusações de racismo que vem recebendo. Após a grande repercussão, em um vídeo de seis minutos também publicado em seu Instagram, a cantora comenta sobre a “necessidade de fragilidade do movimento feminista”.

“Não quero continuar falando sobre esse post, mas só quero lembrá-los que, na publicação, a única declaração pessoal já feita por mim – obrigada por serem tão calorosos e acolhedores – era sobre a necessidade de fragilidade no movimento feminista. Será importante”

Falando sobre o post original, ela disse:

“Sou super forte … Você pode me chamar de qualquer coisa. Lamento não ter adicionado uma pessoa 100% caucasiana à mistura de mulheres que admiro. Realmente diz mais sobre você do que sobre mim. O interessante é que, na primeira vez em que decido contar algo sobre minha vida, ou que estou escrevendo livros que relatam essa fragilidade, 200 mil comentários odiosos e rancorosos apareceram, meu número de telefone vazou e há comentários como: ‘Sua puta branca do caralho’. É o oposto do espírito de um defensor. É o que causa fragilidade, mas não vai me parar. Ponto.”

Já sobre as acusações de racismo, a cantora rebateu se defendendo:

“Eu não sou o inimigo e, definitivamente, não sou racista, então não entenda tudo. Ninguém conta sua história, exceto você, e é isso que farei nos próximos dois livros. Então, Deus te abençoe e, sim, vá se foder se você não gostar da publicação”.

Ela questionou também sobre sua fala ter virado um debate racial:

“A cultura está muito insana agora e o fato de quererem transformar meu post sobre fragilidade em uma guerra racial é muito ruim, muito ruim de verdade.”

LANA DEL REY NÃO ESTÁ ARREPENDIDA E COMENTA POLÊMICA

MI NO YOUTUBE

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=rWaAG_Lhu2Q[/embedyt]

Mais notícias no Minuto Indie. Curta o MI também no Facebook!

Nathalia Oliveira

Nathalia Oliveira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: