Jonas Brothers

Jonas Brothers lançam álbum após 10 anos; Ouça ‘Happiness Begins’

OS JONAS BROTHERS ESTÃO DEFINITIVAMENTE DE VOLTA!

Os Jonas Brothers lançam nesta sexta-feira (07) o álbum Happiness Begins, um disco de um pop amadurecido e impecável sonoramente. Após 10 anos de espera, finalmente os fãs de JoeKevinNick podem ouvir um trabalho completo. Abaixo, o MI deixa você por dentro da vibe do HB.

A exemplo de SuckerCool, os dois singles lançados anteriormente, o Hapiness Begins traz músicas com instrumental suave e leve. As duas canções citadas abrem o álbum e, em seguida, Only Human sugere em sua letra o nome do disco.

I Believe tem a cara dos trabalhos de Nick, mas sem perder a essência dos irmãos. A próxima faixa, Used to Be, é o tipo de single que Joe lançaria. Every Single Time volta para a ideia de Sucker, mas com hip-hop.

Chegando a metade do álbum, Don’t Throw It Away evidencia a voz de Nick e remete a tempos de Disney ChannelCamp Rock [amo!]Love Her é a baladinha romântica que faltava até agora, uma música que lembra sonoramente Starving, da Hailee SteinfieldHappy When I’m Sad explora os timbres de Nick Joe, além do uso puxado de guitarra.

Trust é a música mais parecida com o que Nick Jonas fez em Last Year Was Complicated (2016). Strangers volta para algo mais rock, mas lembra os antigos Jonas. E, se é para ter referências, que tal a Miley CyrusHesitate soa muito como Malibu (single lançado em 2017), e traz uma surpresa: Kevin solta a voz no final. Confira o trecho abaixo [a partir de 2:35]:

“Pull me close and I’ll hold you tight
Don’t be scared ’cause I’m on your side
Know there’s nothing I wouldn’t do for you
Pull me close and I’ll hold you tight
Don’t be scared ’cause I’m on your side
Know there’s nothing I wouldn’t do for you

I will take your pain
And put it on my heart
I won’t hesitate
Just tell me where to start”

Com cara de música eletrônica, Rollercoaster é a penúltima canção do trabalho. Happiness Begins se encerra com a música Comeback, uma faixa que fala sobre comprometimento.

OPINIÃO:

É curioso como as letras são muito honestas, mas não pesadas. E, a sonoridade é algo que não deixa transparecer as diversas dúvidas, tretas e confusões que rondaram a banda por tanto tempo. Além disso, as melodias, arranjos e uso de instrumentos mostram o amadurecimento de cada um ao longo do tempo.

Ouça:

MI NO YOUTUBE:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Releated

BROCKHAMPTON

BROCKHAMPTON divulga novo álbum “GINGER”

A boyband de 14 integrantes retorna com força total em novo projeto. O BROCKHAMPTON divulgou nesta sexta-feira (23), seu quinto álbum de estúdio “GINGER”, menos de um ano após “Irisdecense” lançado em setembro de 2018. O disco possui 12 faixas e foi muito aguardado pelos fãs, pois tem a missão de explorar o amadurecimento do […]

The Lumineers

The Lumineers lança novo clipe e EP, “Left For Denver”

The Lumineers vai lançar vídeos para todas as faixas de seu novo disco, “III” A banda norte-americana de Folk, The Lumineers, está focada na qualidade audiovisual de seu novo disco. O novo álbum está sendo lançado aos poucos, em formato de EPs. A temática do disco será contada a partir de 10 faixas. Cada uma […]

%d blogueiros gostam disto: