Greta Van Fleet se consagra com show explosivo em São Paulo

Com show em São Paulo,Greta Van Fleet honra ser o grande nome do renascimento do rock’n roll. Toda conversa sobre Led Zeppelin pode ficar para trás.

Greta Van Fleet tem na formação Danny Wagner (bateria) e os três irmãos Kiszka: Josh (vocal), Jake (guitarra) e Sam (baixo e teclado).

Os irmãos foram criados desde a infância somente com os discos de vinil do pai, contendo apenas blues, folk e invasão britânica. E não daria em outro resultado além de uma ótima banda de Classic Rock.

Poderia até ser um experimento científico dos pais, já que o pai é químico e a mãe é professora de ciências. Mas não é.

São quatro garotos nos seus 20 anos que decidiram fazer a música que gostavam de ouvir e com apenas dois EPs, e um único álbum convenceram metade da população, por outro lado a outra parte ainda não, essa que fica com o pé atrás por sua inegável semelhança com Led Zeppelin.

Entretanto, após assistir o show dos meninos do Greta fica difícil enumerar todas as influências presentes no som deles, no mínimo: Janis Joplin, AC/DC e John Denver. Esse último que até ganhou um breve cover de “The Music is You” no setlist.

Com os ingressos esgotados desde de fevereiro, a Audio estava abarrotada de gente. E o público não poderia ser mais diversificado na faixa etária.

Só para dar um exemplo: Roberto, 53 anos, aguardou na fila desde as 11h da manhã para garantir um local próximo ao palco. Um público que unia gerações pelo Rock’N Roll.

Sobre o show

O show estava marcado para às 23h00, entretanto lá pelas 23h15 ainda não tinha começado, gerando assim um burburinhos. Mas nada que não fosse deixado de lado logo no início do show com o explosivo “The Cold Wind” passando para “Safari Song” e “When the Curtains Falls” sem muita conversa.

Só deu uma acalmada com a mais setentista e hippie do repertório “Flower Power” que combina com o lema da banda  “Peace, Love and Unity” (Paz, Amor e União).

O setlist também contou com a presença de “Black Flag Exposition” que tem base a tempestuosa e habilidosa guitarra de Jake. Uma música de 11 minutos ainda não lançada.

Os meninos terminaram de enlouquecer o público com “Black Smoking Rising” e o seu maior hit “Highway Tune”. A essa altura já era difícil escutar a voz do cantor devido a empolgação do público.

A química entre os integrantes chega a ser mística,  com os grandes e bem executados jams em praticamente todas as músicas. Prolongamento que poderia até causar uma perda da atenção do público, mas no limite disso eles conseguiram retomar.

O grupo usou muito bem sua passagem no Brasil. Três shows explosivos para nenhum conhecedor de Rock’ N Roll por defeito.

O que eles farão com toda essa atenção e se continuarão estabilizados é outra história, mas por enquanto, os meninos do Greta Van Fleet merecem todo o louvor dado.

SETLIST

1. Intro>The Cold Wind

2. Safari Song

3. When the Curtain Falls

4. Flower Power

5. Watch Me

6. The Music Is You (Intro)You’re the One

7. Brave New World

8. Black Flag Exposition

9. Watching Over

10. Edge of Darkness

Bis

11. Black Smoke Rising

12. Highway Tune

 

Greta Van Fleet

 

Confira o último vídeo do canal Minuto Indie:

 

 

Deixe uma resposta