GRAMMY 2019: Conheça melhor os indicados da categoria Artista Revelação

Aqui vai uma lista para você conhecer melhor sobre os 8 indicados que estão na categoria Artista Revelação do 61º ANNUAL GRAMMY AWARDS

A premiação mais importante da indústria fonográfica, Grammy Awards, vai acontecer no dia 10 de fevereiro, evento em que músicos que se dedicaram durante todo o ano colocando sua competência em jogo serão premiados. Os artistas que mais se destacaram vão levar para casa o tão sonhado troféu, e dentre os veteranos da cena musical, estão os artistas que ganharam notoriedade recentemente.

Lista completa com todas as categorias e indicados aqui.

E como nós adoramos uma novidade, o Minuto Indie trouxe aqui uma pequena lista com os artistas que estão concorrendo ao prêmio de Artista Revelação. Se você não conhece ainda, vem com a gente nessa lista para que no dia da premiação você possa opinar sobre quem ganhou ou poderia ter ganhado.

CHLOE X HALLE

O duo que as jovens irmãs Chloe e Halle Bailey formaram para fazer um cover de “Pretty Hurts” da cantora Beyonce a alguns anos atrás, atingiu mais uma grande conquista em sua curta carreira com duas indicações ao Grammy 2019. Chloe x Halle fazem um som R&B Pop, colocando toda sua potencia vocal em evidencia. As meninas depois de assinarem contrato com a gravadora de Beyonce, fizeram a abertura da turnê “On The Run II” e lançaram o álbum The Kids Are Alright, indicado na categoria de Melhor Álbum Urbano Contemporâneo. As irmãs Bailey tem tudo para brilhar em talvez uma das noites mais importantes de suas vidas.

LUKE COMBS

O cantor Luke Combs veio de Ashville para perseguir sua paixão que é fazer música, dando seu melhor para tocar e cantar country. Depois de assinar contrato com a Columbia Nashville em 2016, Luke atraiu muitos admiradores e conseguiu ganhar notoriedade com seus hits “Hurricane”, “Beautiful Crazy” e “She Got the Best of Me”. O músico depois de estrear com seu primeiro álbum “This is for You” em primeiro lugar nas paradas de álbuns country da Billboard, agora chega em mais uma importante etapa para sua carreira, que é a indicação nessa categoria do Grammy em meio a uma agenda cheia com sua turnê já esgotada.

GRETA VAN FLEET

Um dos destaques do rock representantes nessa edição do Grammy, com certeza é do Greta Van Fleet. A banda dos irmãos Josh, Jake e Sam Kiszka e Danny Wagner, foi formada em 2012 e chegaram com tudo em seu primeiro grande hit, “Highway Tune”, o que rendeu mais a indicação de Melhor Performance de Rock. Com toda a competência que eles emanam, apesar de serem bastante criticados pela semelhança com o Led Zeppelin, os caras já colecionam muitos fãs e estão a todo vapor nas paradas com o álbum “From the Fires” que esta presente na categoria de Melhor Álbum de Rock.

H.E.R.

A artista misteriosa de 21 anos que não assina nenhuma faixa com seu nome oficial, vem dominando a cena R&B e ganhando bastante reconhecimento no ultimo ano, o que a rendeu cinco indicações nessa edição do Grammy, incluindo a categoria mais importante de Álbum do Ano, com seu álbum auto intitulado. A artista H.E.R. assinou com sua gravadora aos 14 anos, mas por conta da busca pela sua identidade sonora, não fez muitos lançamentos. Depois de se formar na escola e decidir se dedicar 100% na música, H.E.R. lançou alguns EP’s e seu primeiro álbum cheio de personalidade e de uma qualidade inegável, tendo grandes nomes da música como Rihanna, admirando seu trabalho.

DUA LIPA

Um dos maiores fenômenos do final do ano de 2017 e durante todo o ano de 2018, Dua Lipa, a mais nova queridinha do UK, trouxe ao mundo pop uma avalanche de hits com seu álbum auto intitulado, músicas sobre empoderamento feminino e relacionamentos amorosos. A artista não é mais novidade para muita gente e talvez seja a favorita a levar a estatueta dourada para casa, levando em consideração que, dentre os outros candidatos, é a que mais possue força no mercado mainstream.

MARGO PRICE

Mais uma artista do gênero country marcando presença na categoria de revelação, Margo Price, é uma grande aposta de Jack White desde 2016, ano em que foi lançado seu primeiro álbum de estúdio pela gravadora do astro, a Third Man Records. Desde então a cantora e compositora vem se mostrando uma excelente artista, e com o lançamento do álbum “All American Made” no último ano, que tem um teor político necessário para a atual situação dos EUA, a artista chamou atenção pelo seu esforço e talento inegável.

BEBE REXHA

Outra artista nesta categoria que já tem uma certa influência no mainstream é Bebe Rexha, cantora, compositora e produtora musical. A artista antes de ganhar a fama e reconhecimento que tem hoje, escreveu músicas gravadas por outros artistas que fizeram muito sucesso, como “The Monster” de Rihanna e Eminem. Bebe lançou alguns EP’s e no último ano seu primeiro álbum de estúdio, “Expectations“. A cantora gravou várias parcerias em sua carreira, com artistas como G-Eazy, David Guetta e Martin Garrix. Além de concorrer a categoria de Artista Revelação, Bebe também foi indicada a categoria de Melhor Performance Duo/Grupo Country, com a música “Meant to Be” que é uma experimentação de pop country, a qual ela fez parceria com o duo Florida Georgia Line que ficou no topo das paradas da Billboard.

JORJA SMITH

Com uma mistura de R&B, jazz e soul, a música que Jorja Smith faz se destacou muito no último ano, lhe rendendo comparações positivas com Lauryn Hill pelos críticos. A artista de apenas 21 anos faz sua música com letras cheias de mensagens ativistas, exaltando o papel da mulher e o que esta em torno dos problemas raciais. Desse modo, Jorja iniciou sua carreira em 2016 quando lançou a música “Blue Lights”, que é um protesto contra a violência policial. A jovem cantora lançou seu primeiro álbum “Lost & Found” em 2018, lhe rendendo mais admiradores pelo seu trabalho inspirador.

 

Se você não conhecia alguns desses artistas talentosos, problema resolvido. Agora podemos aguardar até dia 10 de fevereiro para torcer e assistir o momento em que um deles vai receber a merecida estatueta de gramofone.

Confira o último vídeo do canal Minuto Indie:

Deixe uma resposta