Confira o que rolou na noite do Grammy 2018

A noite de Domingo (28) foi animada com as premiações do Grammy 2018. Em sua 60ª edição, o Grammy presenteou diversos artistas e contou com as apresentações de Kendrick Lamar, U2, Lady Gaga, Sam Smith, Gary Clark Jr, entre muitos outros. Confira o resumo.

A noite começou com uma apresentação impactante do então indicado em seis categorias, Kendrick Lamar, em parceria com os já premiados Bono e The Edge. Na sequencia, a artista Lady Gaga fez uma performance tranquila cantando a canção Joanne. Assim sendo, Kendrick levou o primeiro prêmio da noite na categoria Melhor Performance em Rap, pela canção “Loyaltie” juntamente com a cantora Rihanna. Além disso, o rapper levou outros três prêmios: Melhor Álbum de Rap, Música de Rap e Perfomance e Melhor Clipe.

Alessa Cara, por sua vez, levou o segundo troféu na categoria de Melhor Artista Revelação. O queridinho pop Ed Sheeran também não ficou de fora, apesar de não estar presente para receber o prêmio, o músico levou como Melhor Performance Pop. Além disso, Sheeran levou o prêmio de Melhor Álbum de Pop com Vocal.

No entanto, o grande destaque da noite foi o músico Bruno Mars. Concorrendo em seis categorias na melhor premiação da música, o cantor foi vencedor em todas. Sendo assim, levando os prêmios de Disco do Ano, Música do Ano, Gravação do Ano, Performance R&B, Música R&B e Álbum R&B.

Os injustiçados do Grammy

A surpresa da noite foi The War on Drugs com o seu álbum “A Deeper Understanding”desbancando o “Villains” do Queens Of The Stone Age, ou mesmo “The Stories We Tell Ourselves”, Nothing More.

Já na categoria Performance de Duo ou Grupo, Portugal. The Man acabou surpreendendo também os fortes concorrentes The Chainsmokers e Coldplay, com “Something Just like This, o hit do ano “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee e a eletrizante”Thunder”, do Imagine Dragons.

Na certa, para a equipe do Minuto Indie a SZA seria a campeã com relação ao prêmio Artista Revelação, no entanto, nos ocorreu a surpresa de Alessa Cara levar essa.

Com relação à categoria Gravação do Ano, o injustiçado foi o Kendrick Lamar com a impactante “Humble”, perdendo para Bruno Mars, com a canção “24K Magic”.

Minuto Indie no YouTube

Confira o último vídeo lançado no nosso canal do YouTube.

Deixe uma resposta