Escombro lança o single “Entre Lobos” nas plataformas digitais

A metáfora do lobo é a tônica do novo single do quarteto paulistano de hardcore EscombroEntre Lobos, lançado no dia 29 de março nas principais plataformas de streaming, pelo selo Artico Music, reflete sobre a integridade e condutas duvidosas do homem, tipos comuns num Brasil atual viciado em corrupção, “um ambiente hostil”, como pontualmente alerta a música.

Ouça Entre Lobos aqui: https://onerpm.lnk.to/Escombro.

O single é a prévia do EP de cinco músicas que a Artico Music lança na sequência. Entre Lobos mostra um Escombro firme à proposta de executar um hardcore pesado, com beatdowns, reforçados pela letra de cunho político-social.

Marcante, com diversos elementos típicos e sempre funcionais do hardcore, Entre Lobos foi uma escolha unânime entre Lucas “Jota” Ferreira (vocal), Felipe Felipeles (bateria), Igor “Japonês” Fugiwara (baixo) e Ricardo Quattrucci guitarra) para iniciar os trabalhos da banda junto à Artico.

“Atingimos um nível de composição que consideramos ideal em Entre Lobos”, afirma Jota, ao revelar que se esforçou para gravar vocais com swing, menos berrados, que acompanham um instrumental cadenciado e técnico. “Um lance Sick of it All”, sugere. A referência é, mesmo, exata!

A BANDA – Uma das formações mais robustas e ácidas do estilo dentro da cena nacional, o Escombro foi formado em 2015 e preza pelas letras em português que abordam temas sociais, além do peso que remete ao hardcore consagrado por Madball e Terror, ao mesmo tempo em que conversa com a proposta da nacional Oitão (o vocalista Henrique Fogaça é amigo da banda). 

Para o primeiro trabalho em parceria da Artico Music, o Escombro gravou o sucessor do elogiado álbum homônimo (julho/2017) no estúdio Dual Noise (o mesmo utilizado pela Paura no ‘Slowly Dying of Survival’, de 2017) e o resultado é nada menos do que um colossal hardcore, direto e reto, que convoca o ouvinte ao moshpit.

 

Pra quem não conhece a banda, veja o clipe de “No Veneno”:

 

 

Veja o último vídeo do canal Minuto Indie:

 

Deixe uma resposta