Zander

ENTREVISTA: Conversamos com o Zander, que tocará no Noite Festival Festa da SIM SP 2019

A banda nos contou um pouco sobre a estrada e os planos para o próximo ano

O Zander hoje é uma das bandas mais icônicas do cenário underground brasileiro. São 10 anos de estrada, 2 EPs bem sucedidos, 1 disco ao vivo, 2 discos de estúdio e diversos shows incríveis de se presenciar. A banda carioca que hoje reside em São Paulo se apresenta no Noite Festival Festa, um dos eventos que estão na programação do SIM SP 2019. O festival acontece neste sábado e os ingressos já estão a venda.

Confira o bate-papo do Minuto Indie com o Zander:

MI – A banda recentemente lançou um álbum ao vivo para comemorar os 10 anos de estrada e junto um mini-documentário no youtube sobre essa trajetória, quando vocês começam a pensar em todo esse tempo, quais os sentimentos vêm pros integrantes?

ZanderAcho que o sentimento maior é o de realização. Pensar em tantas coisas que alcançamos e construímos nesses 10 anos chega a ser surreal. Sempre tivemos a banda com a intenção de nos expressar através de nossas músicas e tentar transmitir isso para o maior número de pessoas possível. Então quando a gente tem um retorno tão grande de tantas pessoas que gostam e acompanham a banda, existe uma sensação de dever cumprido, mas ao mesmo tempo também não iremos nos acomodar, pois ainda pretendemos chegar muito mais longe.

MI – Existem planos definidos a curto e médio prazo pro Zander ou vocês estão pensando apenas nas turnês e deixando que as coisas aconteçam naturalmente?

ZanderSim. A gente acha importante e tenta sempre traçar pequenas metas. É uma coisa que temos trabalhado em conjunto com a Powerline e tem sido muito legal. Além de turnês, shows especiais em locais diferentes, shows beneficentes, shows com palestras que possam agregar e levar informação aonde não chega, temos um split a caminho, um álbum novo, videoclipes e muitas colaborações com amigos e artistas que admiramos. Tudo já para o ano que vem.

MI – A banda já participou de diversos festivais pelo país, como é dividir o palco com tantos amigos em eventos como esse?

ZanderAcho que é a coisa mais legal da estrada. Encontrar os amigos e fazer novos, somar nosso trabalho com bandas o mais diferentes possível e poder tocar para pessoas que nunca ouviram as vezes nem falar da nossa banda. Acho que esse tipo de show é o que a gente mais gosta de fazer e percebe o maior aumento no público da banda.

MI – Quando se começa uma banda ainda na adolescência, como no caso do Noção de Nada que já fez parte da vida dos integrantes, as ambições e prioridades dos integrantes são de uma forma. Como é pra vocês depois de tantos anos de estrada as prioridades em relação a banda?

ZanderA banda é sem dúvidas uma prioridade nas nossas vidas, mas além de nossas famílias, também temos trabalhos que nos permitem pagar as contas e poder continuar tocando. Então é um grande equilíbrio entre tudo isso e muito esforço de todos pra podermos continuar até hoje compondo juntos, lançando discos e sempre que possível na estrada.

MI – Depois de tanto tempo, como fazer com que viver de música não se torne uma coisa maçante e estressante?

ZanderNo meu caso acho que nem tenho muita escolha, é o que eu sei e gosto de fazer. Penso que todos da banda também enxergam a música como uma necessidade e também uma válvula de escape. Na verdade acho que é mais um combate ao estresse. Maçante é o trabalho que precisamos fazer só pelo dinheiro, a música nos liberta disso.

MI – Como é pra vocês ouvirem de outras bandas que vocês são influência para elas?

ZanderÉ uma honra e um privilégio.

MI – A banda pensa em sair do país para uma turnê ou lançar matérias fora do Brasil?

ZanderSeria incrível. Talvez uma tour fazendo suporte pra alguma banda gringa por aqui e pela América do Sul seja um começo mais próximo e realista por vir.

MI – Quais locais vocês ainda não tocaram e ainda tem muito desejo de fazer um show?

ZanderTemos um plano de “zerar” os Estados do país. Ainda não fomos ao Acre, Amapá, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins. É um plano e um objetivo da banda chegar a todos esses em breve.

MI – Nas histórias de turnê, existe alguma inesquecível pra banda que os integrantes a todo instante comentam entre si, sejam na brincadeira ou que remetem a algo especial pra vocês?

ZanderAcho que o primeiro show sold out no Hangar 110 e o sucesso dos 2 festivais Flecha, que é a nossa gravadora e é organizado por nós mesmos, foram os shows mais marcantes pra mim. Nossas duas idas a Belém/PA também marcaram muito pelo rolê que demos na cidade e o passeio de barco pela ilha do Combú pra tomar uma cerveja no meio do Rio é também um momento que a gente sempre lembra e comenta como um dos mais legais até hoje.

MI – Deixem um recado para os fãs que vão ao festival.

ZanderCheguem cedo e não deixem de conferir todas as bandas, que na minha humilde opinião, são algumas das mais legais e relevantes do país hoje e estarão tocando juntas no mesmo palco e no mesmo dia em total sintonia e clima de festa entre amigos. Vai ser foda e imperdível!

SERVIÇO

SIM 2019 – Noite Festival Festa
Evento: https://www.facebook.com/events/2458295231094378
Bandas: Zander, Sugar Kane, Molho Negro, Chuva Negra, Violet Soda e Putz
Data: 7 de dezembro de 2019
Horário: das 17 às 22h30
Local: Fabrique Club
Endereço: R. Barra Funda, 1071 (Barra Funda, São Paulo – SP, 01152-000)
Ingresso: 1° lote R$30 / 2° lote R$40 / 3° lote R$50
Link para compra antecipada: http://bit.ly/31gnxQN
Classificação etária: 16 anos

Sobre a SIM

A sétima edição da Semana Internacional de Música de São Paulo (SIM São Paulo) acontece entre 4 e 8 de dezembro de 2019. Serão mais de 90 painéis na Conferência, além de reuniões, encontros, coquetéis e atividades de Networking & Business no Centro Cultural São Paulo, e mais de 400 apresentações ao vivo – divididas entre os showcases diurnos, que rolam na Sala Adoniran Barbosa, no CCSP, e noturnos, que se espalham por mais de 45 palcos da capital paulista, mostrando a diversidade da música contemporânea global e suas tendências para os próximos anos.

A cada ano, a SIM São Paulo aponta novidades da indústria e incentiva o questionamento e a articulação de novas estratégias para a cultura, como a formação de redes de apoio e parcerias para fortalecer o mercado. Para 2019, são esperados 3.500 credenciados de todo o Brasil e mais de 25 países. Além disso, estima-se que um público de mais de 40 mil pessoas circulando por todo o evento ao longo dos seus 5 dias.

Zander

Mais notícias no Minuto Indie.

Deixe uma resposta

Releated

disco Fine Line

“Fine Line”: Harry Styles lança seu segundo disco solo

Os fãs estavam ansiosos desde que o artista lançou três ótimos singles dessa nova fase A sexta-feira 13 não foi um dia de azar. O ex-One Direction, Harry Styles, lançou mais um trabalho admirável de sua carreira solo. Antes, ele já tinha lançado três singles que aumentaram mais ainda a expectativa dos fãs de conhecerem […]

Kylie Minogue no Brasil

Festival GRLS!: jornal confirma Kylie Minogue no Brasil em 2020

Kylie Minogue volta ao Brasil após cinco anos Kylie Minogue no Brasil em 2020! A cantora é a primeira atração confirmada para festival GRLS, organizado pelo Popload. A informação foi dada por José Norberto Flesch, do Jornal Destak, e confirmada pelo portal UOL. Os responsáveis pelos ingressos são a Time 4Fun. A cantora também se […]

%d blogueiros gostam disto: