Entrevista: Cícero fala sobre novo disco, “Cícero & Albatroz”

Cícero acaba de divulgar seu quarto disco, agora com banda, “Cícero & Albatroz” marca uma nova fase de sua carreira na música.

Cícero – Foto: Eduardo Magalhães.

Cícero chegou ao seu quarto disco, em uma carreira permeada pelos sentimentos, emoções e públicos diversos. Em “Cícero & Albatroz” fez uma experiência e pela primeira vez em carreira solo gravou acompanhado de uma banda. O grupo também o acompanhará nas apresentações ao vivo.

O Minuto Indie enviou algumas perguntas para Cícero comentar sobre sua nova fase.

Confira agora o resultado: 

Cícero
Cícero – Foto: Eduardo Magalhães.

MI – Uma coisa que chamou a atenção desde o começo da divulgação de seu novo disco é o fato dele ser o primeiro com banda. Pode falar um pouco sobre como foi a experiência de gravar com eles?

Cícero: Gravar com eles depois de alguns anos de estrada juntos foi divertido. Tínhamos intimidade para conversar sobre as idéias e chegar juntos nos arranjos, foi um processo coletivo.

MI – Essa experiência deve trazer novos ares às apresentações já cheias de astral que você está habituado a apresentar. O disco foi feito pensando em como seria tocar ao vivo?
Cícero:
Ensaiando com uma banda, compondo com ela, as músicas ganham naturalmente aspecto de ao vivo porque de fato estamos tocando elas ao vivo. Não foi feito especificamente pensando nisso, mas sabíamos que elas estariam da mesma forma no estúdio e ao vivo.

MI – Como você planeja as apresentações para esta nova divulgação?

Cícero: Planejo que sejam prazerosas como foram as gravações.

MI- Pessoalmente, achei “Cícero & Albatroz” o registro bem diferente quando comparado a outros discos de sua trajetória. O que você tinha em mente quando começou o processo de criação?

Cícero: Tinha em mente que um disco arranjado e gravado pela banda soaria diferente, certamente. Mas quando comecei a compor era eu em casa como sempre. Levei as composições para os ensaios e ali elas iam para novos caminhos. E na hora de gravar outras pessoas entraram no processo, captando, mixando, masterizando. O resultado final passou por várias pessoas dessa vez. Queria saber como ficaria.

MI – Você já está na estrada há alguns bons anos, como é sua relação com os fãs? Aqui no Minuto Indie tem sempre muita gente pedindo pauta sobre você.

Cícero: Temos uma relação saudável e bem resolvida.

MI – E, finalmente, como você enxerga a música nacional atualmente?

Cícero: Gosto, acho que houve uma abertura enorme com a internet para todo mundo produzir e mostrar suas músicas. Há inúmeras possibilidades, tipos, formas pensar e fazer.

MI no YouTube:

Deixe uma resposta