ENTREVISTA: Falamos com o Backdrop Falls sobre o Garage Sounds 2019

Banda cearense se apresentará em duas edições do festival itinerante que começa agora em Julho.

Backdrop Falls vêm conquistando seu espaço no cenário do rock nacional e internacional com seu último lançamento, o disco “There’s no such place as home”, lançado através do selo Electric Funeral Records. A banda formada por Matheus Collyer (voz/guitarra), Rafael Neutral (guitarra), Roger Capone (bateria) e Ilton Tiger (baixo), apresenta um disco sólido e com forte influência do punk rock californiano dos anos 90, se destaca como um dos melhores lançamentos da cena punk/hardcore de 2019.

Conversamos com Matheus Collyer (voz/guitarra), sobre o seu último lançamento, trajetória e sobre tocar no Garage Sounds.

MI – Para as pessoas que ainda não tem familiaridade com a trajetória e sonoridade da banda, como pode definir a proposta e a música que fazem?

Matheus – A gente faz música que a gente gosta, nossa proposta é colocar o máximo de verdade, sinceridade e energia dentro de cada música e o que a gente espera disso é que as pessoas de alguma forma se sintam representadas, seja pela energia das músicas ou pelo conteúdo das letras.

MI – Qual é o lançamento mais atual da banda? Comente um pouco sobre este trabalho ou, se for o caso, o trabalho a ser lançado em breve.

Matheus – Acabamos de lançar nosso primeiro disco, “There’s no such place as home”. Estamos muito orgulhosos do resultado final, contamos com a produção do Luiz Orsano do Trilha Sonora Estúdio, aqui mesmo em Fortaleza. A gente tem uma proposta interessante de lançar um videoclipe pra cada música do disco e também umas versões ao vivo, acústicas, etc… então ainda temos muito material legal pra lançar nos próximos meses!

MI – A banda é uma entre as atrações de duas edições do Garage Sounds. Qual o peso de participar de um evento deste porte, que transita entre a música, gastronomia e lifestyle?

Matheus – Essa já é a nossa terceira participação, sempre muito bom participar do Garage Sounds, um festival que a gente viu começar em Fortaleza e crescer. É massa pra gente esse lance de ter um grande intercâmbio de público, gente que vai por outra motivação e acaba dando de cara com a gente por lá. Isso nos dá a possibilidade de apresentar nosso trabalho pra novos públicos, pra gente que talvez normalmente não tivesse a oportunidade de nos conhecer, então é sempre muito positivo.

MI – Além da música, os integrantes das bandas estão envolvidos em quais expressões artísticas, esportes ou hobbies?

Matheus – Quanto às expressões artísticas, gosto muito de ler, de assistir filmes e séries e obviamente de ouvir música, mas a minha forma de expressão artística pessoal realmente acontece através da música. Quanto aos hobbies, eu gosto de começar meu dia fazendo alguma atividade física, então boxe, academia e corrida são algumas das que costumo praticar. Tenho tentado encaixar um pouco de meditação nos meus dias também, mas ainda tô meio que aprendendo.

MI – Em termos de conteúdo para esta apresentação especial, qual será o foco do setlist?

Matheus – O foco do nosso setlist é o disco novo, então tocaremos varias músicas novas e provavelmente alguma mais antiga que a galera costuma gostar.

MI – Além do show de vocês, quais bandas que irão tocar no Garage Sounds indicariam para o público conferir? E quais querem assistir?

Matheus – Das edições que vamos tocar, quero muito ver Surra e Molho Negro. E Dead Fish, claro, não importa quantas vezes a gente veja, sempre uma aula de energia e hardcore. Espero também conhecer conhecer novas bandas locais lá de Aracaju e Maceió. Indicaria a Damn Youth, lá de Fortaleza pra galera assistir, os caras são muito energéticos e fazem um showzaço ao vivo!

Confira aqui o disco “There’s no such place as home

Serviços:

Garage Sounds Music Festival – Maceió
Dia 20 de Julho

Local – Seagra (Jacarecica)

Horário – 20h

Com as Bandas:

Krisiun(SP), Dead Fish(ES),

Esteban(RS), Surra(SP), Molho Negro(PA),

Minerva(CE), Backdrop Falls(CE), Violência Moral(SP),

Reffi´z, Em Conflito, Ximbra, GigaVoltz, Abismo, I´m The Storm,

The Renegades of Poisonville, Refill.

Ingressos: https://www.sympla.com.br/garage-sounds-maceio__492368?fbclid=IwAR2i_BO8emvUDBd9gGVvsPkaqmzBpzcgVRV1nR2BYdlq3Rk32I-8rlfcDbE

 

Garage Sounds Music Festival – Aracaju
Dia 19 de Julho

Local – Subúrbia Eventos

Horário – 18h

Com as Bandas:

Krisiun(SP), Dead Fish(ES),

Esteban(RS), Surra(SP), Molho Negro(PA),

Minerva(CE), Backdrop Falls(CE), Violência Moral(SP),

Luno, Maua,Zeitgeist, Silent Vanity, Ordinals, Mantre,

Skabong, 2Crazy, Breaking Rules, Renegades of Punk.

Ingressos: https://www.sympla.com.br/garage-sounds-aracaju__492364?fbclid=IwAR3DSym1KdkHQn48LU5IqLazAfNcg29zKAiXs8h2wpiiDSh8lleLQl6j_BY

Backdrop Falls

Mais notícias no Minuto Indie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Releated

Maya Hawke

Maya Hawke, a Robin de Stranger Things, estreia como cantora

Maya Hawke, filha de Ethan Hawke e Uma Thurman, lança primeiros singles. O sucesso Stranger Things nos apresentou não somente atores e atrizes promissores, mas também ótimos músicos. Depois de vários dos atores mirins provarem seu talento na carreira musical, chegou a vez de Maya Hawke, a Robin de Stranger Things e filha de Ethan Hawke […]

System of a Down

Integrante do System of a Down desabafa: “por mim, já teriamos lançados 10 discos”

Baixista do System of a Down afirma que não entende o motivo que impede o grupo de gravar Parece que o motivo que impede o System of a Down de gravar não é compreendido por Shavo Odadjian. O baixista da banda deixou isso bem claro durante uma entrevista a rádio SiriusXM. Inicialmente Shavo revelou que a […]

%d blogueiros gostam disto: