El mató a un policia motorizado – “La Síntesis O’Konor”

Banda argentina El mató a un policia motorizado lança terceiro disco, agora ainda mais emocional.

Há pouco tempo saiu, lá no YouTube do Minuto Indie, um vídeo falando sobre cinco bandas latinas que você deveria conhecer, dentre as citadas estava a El mató a un policia motorizado, lembra disso? Se você ainda não assistiu, indico que faça isso agora mesmo, antes de finalizar a leitura desse meu textinho. Se você já viu o vídeo, senta ai, põe o fone de ouvido e vamos conversar ao som de “La Síntesis O’Konor”, novo disco da banda.

Nossos hermanos já vinham dando sinais de que suas músicas estavam prestes a cruzar a fronteira que nos separam, no entanto o último disco cheio de sua carreira datava de 2012, é de se compreender que após gravar uma obra prima, que eles chamam de “La Dinastía Scorpio” (Discos Laptra), fica complicado gravar um álbum que cumpra e supera as expectativas de todos os fãs.

Com isso, a banda optou por gravar dois EP’s “Violencia” (2015/Discos Laptra) e, o mais recente, “El Tesoro” (2017/ Discos Laptra), que saiu há pouquíssimo tempo. Quando todos estavam prestes a terminar de digerir as novas mudanças da El Mató, eles lançam um disco completo, com dez música evidenciando que não param de evoluir e estão de ouvidos atentos às novas influencias do meio indie rock.

Capa do disco “La síntesis O’Konor”.

Se antes o som da banda não deixava estas sonoridades mais aparentes e se cobriam com um rock de fácil compreensão, agora não sentem o menor medo de mostrar que o novo indie, se é que podemos chamar assim o trabalho que os sintetizadores fazem ao se unirem com as guitarras, que agora mais calmas soam como um instrumento que complementa a atmosfera do registro.

Ainda mais sentimentais, o quinteto agora vai além dos relacionamentos amorosos e explora complicações familiares e mostra ser um espelho para que seu público crie identificações. Novos instrumentos incrementam o trabalho dando cara de “uma produção mais madura”, a El Mató mostra em “La Síntesis O´Konor” sentimentos e sonoridades sombrias, até então algo que era pouco explorado por eles.

Para tranquilizar os fãs brasileiros (e talvez os gringos também, né?), os refrões de fácil memorização ainda estão por lá. El Mató fez o seu melhor em um trabalho que evidencia o quão parecido é o cenário de música alternativa brasileiro com o de nossos vizinhos latinos.

Já ouviu? O que achou? Comenta com a gente!

Acompanhe a banda no Facebook.

Ouça El mató a un policia motorizado – “La Síntesis O’Konor”:

Deixe uma resposta