Dois é Par lança novo clipe na quarentena, veja “Dança”

Dois é Par lança novo clipe na quarentena, veja “Dança”

Dois É Par corporifica sentimentos surgidos na quarentena no vídeo de “Dança”

A dança é uma linguagem capaz de dar forma a elementos abstratos, como sentimentos e vivências, e, assim, dar corpo a percepções da realidade. Esse processo também acontece no novo single e videoclipe do duo Dois É Par, “Dança”. Traduzindo sensações nascidas durante a pandemia do novo coronavírus em versos, melodia e expressão corporal, a produção cria leveza sem omitir a densidade do atual momento (assista aqui).

“Ao mesmo tempo que tem um tom de melancolia, também tem um ritmo dançante”, explica Larissa Muniz, integrante da dupla ao lado de Jefté Salles. No registro audiovisual, a bailarina Mayara Rosa é a responsável por traduzir as sensações da dupla em movimentos. “O vídeo contrapõe a estética do vocal, com duas vozes cantando, trazendo a imagem dessa mulher dançando sozinha ou com ela mesma. É como se estivesse se encontrando dentro de sua própria expressividade”, comenta Jefté sobre o trabalho dirigido por Leonardo Stefanini.

Marcado pela influência da musicalidade nordestina, o single sucessor do disco de estreia do projeto dos artistas, o autointitulado Dois É Par (2019), dá continuidade à experimentação por vários gêneros sonoros, característica do trabalho do duo. “Vamos dando à música o que ela pede, não buscamos nos prender a um gênero ou estética específica”, diz Larissa.

Apesar de não ser parte de um disco, “Dança” já apresenta uma expansão dos ritmos explorados pelos cantores e compositores em seus caminhos criativos. “Essa faixa é a evolução de algumas canções conceituais do primeiro disco, só que em uma roupagem ainda mais próxima do público”, conclui Jefté.

Ficha Técnica

Artista: Dois é Par
Música: Dança
Composição: Jefté Salles
Direção e Edição: Leonardo Stefanini
Locação: Villa Mandacarú
Bailarina: Mayara Rosa
Fotografia: 1024 Fotografia
Figurino: Júlia Pak

Letra

Nesse reino onde o amor é tão raro
E o que sobra nos custa tão caro
Ser romântico é tão antiquado
E nós não mergulhamos no raso
Essa guerra lá fora que tudo destrói
E o mundo se acabando na frente de nós
Vem coloca sua mão no meu ombro
Ouve nossa canção está tocando.
No meio da guerra/caos vamos:
Dança,
Dança,
Dança, comigo nesse caos

Dois é Par – Dança

Mais notícias no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook.

Eduardo Da Costa

Eduardo Da Costa

Redator do site Minuto Indie. Graduado em jornalismo e pós-graduado em marketing digital e comunicação para redes sociais, amante de música, esportes, cinema e fotógrafo por hobby. Siga-me nas redes sociais: Facebook: duffnfedanfe; Instagram: nfedanfe; Twitter: _duffe; Last.Fm: duffhc3m; Pinterest: duffe_;

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: