De Radiohead a SZA, os melhores covers feitos por Hayley Williams na quarentena

Hayley Williams cover radiohead

A seleção de músicas escolhidas pela musa inclui, The Strokes, Mac DeMarco, Radiohead, entre outros

Hayley Williams vem encontrando um jeito bem legal de se divertir e entreter os fãs nesse período de isolamento, é que semanalmente a cantora compartilha em sua conta no Instagram, alguns covers feitos por ela.

A vocalista do Paramore, que lançou este ano seu primeiro álbum solo Petals For Amor, tem escolhido apresentar versões de canções de outros artistas dos  mais variados estilos. O projeto intitulado auto-serenatas, é feito na casa de Hayley, de maneira muito intimista, apenas voz e violão.

Já foram feitas releituras de músicas das cantoras SZA, Björk e do cantor Mac DeMarco. O mais recente publicado pela cantora, foi um cover de “Fake Plastic Trees” do Radiohead, a qual ela se referiu como uma das melhores bandas de todos os tempos. Hayley também contou que essa uma das canções mais pedida pelos fãs. Confira como ficou a versão:

View this post on Instagram

for a while, anyway. the top requested song throughout my brief career in self-serenadism has been a @radiohead song. seemed sacrilegious at first until i realized that the band themselves have never once regarded what they do as precious or never-to-be-toyed with. they are never beholden to any one version of their expression and public affections don’t seem to sway them. so many times people thought they were at their best only for them to bloom more beautifully into something unexpected and unequivocally better. for a time i pretended to be over Radiohead (iiii knowwww) but good good things always find you and welcome you back. so, in admiration of one of the best bands of all time – and in humility to everyone who did *not* ask for this – here’s a self-serenade of “Fake Plastic Trees”. enjoy it if you can.

A post shared by hayley williams (@yelyahwilliams) on

Por um tempo, de qualquer maneira. a música mais solicitada ao longo de minha breve carreira em self-serenadism, foi uma música do Radiohead. Parecia um sacrilégio no início, até que percebi que a própria banda nunca considerou o que faziam como algo precioso ou com o qual nunca se brincaria. Eles nunca estão em dívida com qualquer versão de sua expressão e as afeições públicas não parecem influenciá-los, tantas vezes as pessoas pensaram que estavam no seu melhor apenas para florescer mais lindamente em algo inesperado e inequivocamente melhor.
Por um tempo eu fingi ter superado o Radiohead (eu sei), mas coisas boas e boas sempre te encontram e te dão as boas-vindas de volta. então, em admiração por uma das melhores bandas de todos os tempos – e em humildade a todos que * não * pediram por isso – aqui está uma auto-serenata de “Fake Plastic Trees”. aproveite se puder.

Abaixo, o Minuto Indie listou outras versões de músicas, que a Hayley fez na quarentena. Aproveite e escolha as suas favoritas:

Covers de Hayley Williams

Drew Barrymore – SZA

Aqui temos um típico caso de rainha homenageando outra rainha. Fiquem com essa versão maravilhosa da música “Drew Barrymore”.

 

Automatic Stop – The Strokes

Não é a primeira vez que Hayley faz cover do The Strokes, a cantora sempre acha um jeitinho de demonstrar todo o seu amor pela banda. Na quarentena ela resolveu registrar a música “Automatic Stop” álbum Room On Fire de 2003.

 

Treat Her Better – Mac DeMarco

Nesse vídeo fica difícil saber o que é mais bonito, o céu azul ou a versão da Hayley para a música do Mac DeMarco.

 

Unison – Björk

Segundo Hayley ela pretendia fazer um cover da cantora Björk ao vivo este ano, mas vai ter que esperar um pouco. Por enquanto, fiquem com essa versão de “Unison”.

 

Vertigo – Jump, Little Children

Para terminar, um pouco de nostalgia com o cover de “Vertigo” música originalmente lançada em 2001.

 

Gostaram? Esperamos que a Hayley continue preenchendo os nossos dias com essas maravilhosas versões.

Veja mais notícias sobre música, cinema e séries no Minuto Indie. Curta o MI também no Facebook!

About Vitoria Ataíde

Tem um quê de jornalista, outro de cinéfila, completamente louca por música.

View all posts by Vitoria Ataíde →

Deixe uma resposta