Critic's Choices Awards 2020

Critics’ Choice Awards: Era uma vez em Hollywood e Parasita são os grandes vencedores da edição

Veja os vencedores do Critics’ Choice Awards 2020

Na noite de domingo (12), aconteceu a 25° edição do Critic’s Choices Awards 2020, na Califórnia. A premiação já começou agitada com a primeira categoria, que foi Melhor Ator, na qual sem muita surpresa, o ator Joaquin Phoenix conquistou pelo papel de Arthur Fleck,o Coringa.

Em seguida, foi a vez de Laura Dern levar Melhor Atriz Coadjuvante pelo papel da advogada Nora Fanshaw em “História de um Casamento”.

Um dos grandes destaques da noite, na televisão, foi “Fleabag”, que levou além de Melhor Atriz em Série de Comédia para Phoebe Waller Bridge, Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia para Andrew Scott e Melhor Série de Comédia.

No quesito Melhor Atriz em Série de Drama, a grande vencedora foi Regina King por “Watchmen” e Melhor Ator em Drama para Jeremy Strong por “Sucession”.

Os prêmios mais importantes da noite ficaram para o final. Renée Zellweger venceu o de Melhor Atriz pela cinebiografia “Judy”. E em Melhor Diretor aconteceu um empate entre os cineastas Sam Mendes do ainda inédito aqui no Brasil, “1917” e Bong Joon-ho de “Parasita”.

Para terminar “Era Uma vez em Hollywood” levou a categoria mais desejada, de Melhor Filme.

Confira a lista completa de vencedores:

Critic's Choices Awards 2020
Critic’s Choices Awards 2020

Critic’s Choices Awards 2020

Melhor Filme: ‘Era uma vez em… Hollywood’

Melhor Ator: Joaquin Phoenix – “Coringa”

Melhor Atriz: Renée Zellweger – “Judy”

Melhor Ator Coadjuvante: Brad Pitt – “Era uma vez em… Hollywood”

Melhor Atriz Coadjuvante: Laura Dern – “História de um casamento”

Melhor Ator/Atriz Jovem: Roman Griffin Davis – “Jojo Rabbit”

Melhor Elenco: “O Irlandês”

Melhor Direção: Sam Mendes – “1917” e Bong Joon-ho – “Parasita”

Melhor Roteiro Original: “Era uma vez em… Hollywood” – Quentin Tarantino

Melhor Roteiro Adaptado: “Adoráveis Mulheres” – Greta Gerwig

Melhor Fotografia: “1917”

Melhor Design de Produção: Barbara Ling e Nancy Haigh – “Era uma vez em… Hollywood”

Melhor Edição: Lee Smith – “1917”

Melhor Design de Figurino: Ruth E. Carter – “meu nome é Dolemite”

Melhor Cabelo e Maquiagem: “O escândalo”

Melhores Efeitos Visuais: “Vingadores: Ultimato”

Melhor Animação: “Toy Story 4”

Melhor Filme de Ação: “Vingadores – Ultimato”

Melhor Filme de Comédia: “Meu nome é Dolemite”

Melhor Filme de Ficção Científica/Terror: “Nós”

Melhor Filme em Língua Estrangeira: “Parasita”

Melhor Música: “Glasgow (No place like home)” – “Wild Rose” e “(I’m gonna) love me again” – “Rocketman”

Melhor Trilha Sonora: Hildur Guðnadóttir – “Coringa”

TELEVISÃO:

Melhor Série de Drama: “Succession”

Melhor Ator em Série de Drama: Jeremy Strong – “Succession”

Melhor Atriz em Série de Drama: Regina King – “Watchmen”

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama: Billy Crudup – “The morning show”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama: Jean Smart – “Watchmen”

Melhor Série de Comédia: “Fleabag”

Melhor Ator em Série de Comédia: Bill Hader – “Barry”

Melhor Atriz em Série de Comédia: Phoebe Waller-Bridge – “Fleabag”

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia: Andrew Scott – “Fleabag”

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia: Alex Borstein – “he Marvelous Mrs. Maisel”

Melhor Minissérie: “Olhos que condenam”

Melhor Filme para a TV: “El Camino”

Melhor Ator em Filme para a TV ou Minissérie: Jharrel Jerome – “Olhos que condenam”

Melhor Atriz em Filme para a TV ou Minissérie: Michelle Williams – “Fosse/Verdon”

Melhor Ator Coadjuvante em Filme para a TV ou Minissérie: Stellan Skarsgard – “Chernobyl”

Melhor Atriz Coadjuvante em Filme para a TV ou Minissérie: Toni Collette – “Inacreditável”

Melhor Série Animada: “Bojack horseman”

Melhor talk show: “The late late show com James Corden” e “The late night com Seth Meyers”

Melhor especial de comédia: “Live in Front of a Studio Audience: Norman Lear’s All in the Family and The Jeffersons”

Mais notícias no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook.

Deixe uma resposta

Releated

Sick of it All vem ao Brasil

Sick of it All vem ao Brasil para duas datas ainda no primeiro semestre

Banda americana volta ao Brasil após 5 anos O Sick of it All vem ao Brasil para duas apresentações ainda no primeiro semestre de 2020. A banda volta após 5 anos e as apresentações fazem parte da turnê pela América do Sul que ainda contará com shows no México, Costa Rica, Colômbia, Peru, Chile e […]

John Wayne abertura

John Wayne fará abertura do show do Between the Buried and Me em São Paulo

Banda paulistana é a convidada para o show do dia 15/03 O colossal Between the Buried and Me, banda norte-americana que modernizou o metal progressivo e que hoje – com 20 anos de estrada – é referência mundial do gênero, vem este ano pela primeira vez ao Brasil, com show único dia 15 de março […]

%d blogueiros gostam disto: