Califrê ressurge com “Polaroid”, assista o clipe

Califrê, cantor e compositor paulista lança clipe do single "Polaroid".

Após o homônimo “Califrê” de 2019, o compositor paulista traz, em “Polaroid”, sonoridade que remete à emoção dos primeiros sucessos da banda Coldplay. Videoclipe do single saiu hoje (14)

“Eu gosto de música que emociona”, declarou certa vez Tim Bernardes, em entrevista para MonkeyBuzz. Essa máxima cai como uma luva para falar de Califrê, cantor que contempla o mesmo gênero musical e se afina com o público do vocalista de O Terno. Com o single novo, “Polaroid”, carro-chefe de um novo trabalho lançado em 31 de julho deste ano, não seria diferente. Quem gosta ou vai gostar do artista, gosta de se emocionar enquanto lava a louça ou espera a hora passar no sofá da sala. É para o ouvinte que sente aquele formigamento que chega de uma hora para outra e parece que estamos de volta à infância ou às vésperas de um encontro com alguém que já se foi da nossa vida; tudo isso dentro dos poucos minutos de uma canção. Califrê lançou nesta sexta (14) o clipe de Polaroid no Youtube.

Capa do single "Polaroid", de Califrê. Lançado hoje (14/08) no Youtube.
Capa de “Polaroid”, do cantor Califrê. O single, lançado em 31 de julho por streaming, ganhou hoje (14) um videoclipe.

Califrê deu as caras em 2019, com seu EP de estréia homônimo: “Califrê”. O trabalho conta com quatro canções e já deixou claro que o cantor e sua banda vieram para fazer aquele tipo de música que mexe com o mais oculto de nós mesmos. Nas palavras do jornalista Guilherme Bryan: “é um acalento para tardes de sábado ensolaradas, com a complacência e o relaxamento de saber que amanhã é domingo”. É com essa forma de comunicação relaxada que o artista parte para uma nova fase de sua carreira, ainda mantendo o caráter nevrálgico da emoção em sua obra.

A letra de Polaroid fala sobre a imagem de alguém que evita olhar para uma fotografia, sendo essa uma metáfora para abordar a falta/ a ausência em um âmbito mais plural. O objetivo, ao que parece, é dar voz a um silêncio que pede o grito.

Ouça “Polaroid” no Spotify

No clipe da música, Califrê é o protagonista. A ambientação intimista e a luz baixa, quase que em total escuridão, proporcionam a experiência de imersão na emoção de suas palavras. A intenção é direcionar o olhar do espectador tão somente para Califrê e suas expressões. 

Assista o clipe

[embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=Z5qCFfaIKvw[/embedyt]

A direção do clipe foi de Shay Peled e Paulo Henrique Chun, com direção de fotografia de Paulo Chou. Nas palavras do próprio artista “O clipe traz um ar de pintura barroca e alguns elementos que, aos poucos, vão desaparecendo, o olhar do espectador, ao longo da obra, acompanha uma perspectiva, cada vez mais imersiva, em direção às expressões do artista.”

Siga Califrê nas redes sociais: Instagram | Facebook

Mais notícias você encontra no Minuto Indie. Curta nossa página no Facebook.

*Colaborou nesta reportagem: Giuliano Lagonegro.

About Amanda Prado

Jornalista que curte música brasileira em níves estratosféricos.

View all posts by Amanda Prado →

Deixe uma resposta