A temática nostálgica dos anos 90 e 00 no cenário pop atual

A temática nostálgica dos anos 90 e 00 no cenário pop atual

Artistas do mundo pop como Lady Gaga, Dua Lipa, Ariana Grande e Normani têm investido cada vez mais em um pop nostálgico das décadas passadas, em seus trabalhos

Muito se diz que os anos 80 nunca morrem, o que é verdade se analisarmos a tendência cultural dos últimos anos. Mas, além da forte presença da década oitentista, duas outras também têm se tornado cada vez mais frequente: os anos 90 e 00. O final dos anos 1990 e o inicio dos anos 2000, têm sido cada vez mais lembrados, principalmente por cantoras pop.

Já curte o Minuto Indie no Facebook? Clique aqui!

Lady Gaga e Dua Lipa, por exemplo, seus últimos trabalhos tem uma forte presença dessa pegada mais retrô, dançante e colorida que marcaram ambas as décadas. Uma forma de tributo as décadas passadas, as cantoras  apostaram na estética retrô-futurista. A pegada nostálgica nos visuais dos vídeos deixou o trabalho delas ainda mais divertido e saudosista.

A maioria das artista pop da atualidade nasceram na década de 1990 – Lady Gaga é de 1980. E a influência de voltar no tempo e recuperar elementos desses anos parece, de alguma forma, ser uma tentativa para se conectar com o primeiro respiro e influência musical e visual que tiveram. E deixar suas influências bem marcadas.

ANOS 90 E 00: A ESTÉTICA 90’S DE LADY GAGA E DUA LIPA

Depois de uns longos anos afastada, Lady Gaga voltou e voltou mais pop do que nunca. A era Chromatica trouxe a canção Stupid Love, com um vídeo de ficção científica com a estética retrô. Os detalhes neon rosa, os óculos de proteção, os bonés, as roupas, são todos elementos que anunciam a volta da cantora para os anos 1980 e 1990.

A coreografia do vídeo é outro destaque. Faz com que recordemos das pistas de danças que se enchiam de gente que decorava passos específicos. E a própria história narrada no clipe lembra filmes das décadas passadas, como Mad Max com o futuro distópico em um deserto completamente árido.

E Dua Lipa com seu Future Nostalgia deixa essa pegada retrô bem clara, tanto na sonoridade das músicas quanto em seus videos. O álbum inteiro nos transporto é como se fosse a playlist discoteca que nos faz dançar com a batida pop funk.

O single Physical ganhou um vídeo completamente inspirado em vídeos de treinos aeróbicos, famosos da década de 1980/90. Com maiôs, polainas, snickers brancos e shorts colado. Na versão alternativa, Let’s Get Physical Work Out, Dua se apresenta como uma instrutora de aeróbica e ensina os alunos a malharem enquanto dançam. Lembrando muito os vídeos da Jane Fonda.

E o vídeo de Break My Heart é praticamente uma homenagem as Patricinhas de Beverly Hills, outro clássico dos anos 90. Com muita purpurina, presilhas, blazers em tons pastéis vivos, saias curtas e meia-calça, toda a estética do clipe é tão retro quanto a faixa. O figurino da cantora poderia facilmente ter saído do longa norte-americano.

Além disso, a melodia da canção tem interpolações de Need You Tonight, da banda INXS. Por isso você já deve ter tido a sensação de “eu já ouvi isso em algum lugar” ao ouvir Break My Heart.

ANOS 90 E 00: O BUG DO MILÊNIO DE ARIANA GRANDE E NORMANI

A ex-integrante da girlband Fifth Harmony, Normani, também se saiu muito bem quando decidiu homenagear suas referências musicais, em seu primeiro single solo. Motivation é uma retomada as coregrafias marcantes do inicio dos anos 00.

A coreografia, os cenários, o piercing no umbigo, snickers brancos e as roupas são perfeitos exemplos da estética vintage. A quadra de basquete, por exemplo, é inspirada no mesmo espaço visto em …Baby One More Time, primeiro single de Britney Spears. Já os shorts curtos e o top cropped branco são referências diretas à Beyoncé, no clipe de Crazy In Love.

As danças nas ruas em uma espécie de guerra com o pretendente amoroso relembram I’m Real, de Jennifer Lopez, e Dilemma, parceria entre Nelly e Kelly Rowland.

Ariana Grande também fez proveito dessa temática retrô, o divertido clipe de thank u, next, é inteiramente construído com base em referências à cultura pop dos anos 1990 e início dos anos 2000, nos fazendo reviver o passado próximo.

A cantora recriou diversas cenas de comédias românticas como Meninas MalvadasAs Apimentadas, De Repente 30 e Legalmente Loira.

MAIS UM POUCO DOS ANOS 90 E 00

Charli XCX e Troye Sivan também fazem parte desse time de artistas a fim de reviver as décadas passadas. O clipe de 1999 é uma mistura de paródia e homenagem, a dupla não poupou referências e fez um tributo à indústria do entretenimento do final dos anos 1990.

A dupla não poupou nos detalhes para dar o devido visual ao vídeo, tem faz referências a músicos que se destacaram na época, como Justin TimberlakeBackstreet Boys e Spice Girls, além de filmes como TitanicA Bruxa de Blair e Matrix. Literalmente uma viagem no tempo.

A artista brasileira, Manu Gavassi, também já fez sua homenagem ao inicio dos anos 2000. No clipe de Me Beija, Manu se diverte revivendo looks e brincadeiras que marcaram a década do bug do milênio. Um clipe bem colorido, e despojado, assim como foi o inicio dos anos 2000.

Justin Timberlake e SZA trazem as baladas pop de volta e se divertem em um clipe brilhante – tanto no visual como na ideia, de The Other Side.

O uso da lente “olho de peixe” e o cenário que parece uma mistura de nave e uma bola de disco gigante em um clipe de 2020 só serviu para mostrar a aposta dos artistas pop em uma pegada retrô-futurista nostálgica, que já está praticamente consolidada nesse novo cenário, e é impossível não gostar.

MI NO YOUTUBE

Mais notícias no Minuto Indie. Curta o MI também no Facebook!

Nathalia Oliveira

Nathalia Oliveira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: